fcb.portal.reset.password

Messi celebra seu segudo gol contra o Equador | FIFA.COM

Em uma das noites mais importantes de sua carreira, Leo Messi não decepcionou. Muito pelo contrário: o craque culé marcou os três gols da Argentina na decisiva partida contra o Equador em Quito na última rodada das Eliminatórias da América do Sul, selando a vitória por 3 a 1 e classificando a Alviceleste – que também se beneficiou da vitória do Brasil sobre o Chile - à Copa de 2018 na Rússia.

Líder absoluto da equipe de Jorge Sampaoli, que contou também com Javier Mascherano em campo, o capitão marcou duas vezes em oito minutos – aos 11 e aos 19 -, virando um jogo que começara com gol equatoriano já aos 40 segundos. O hat-trick veio na segunda etapa, no minuto 61. O segundo e o terceiro tentos, diga-se passagem, foram memoráveis chutes no ângulo.

Novo recorde

A dramática classificação argentina, que veio após a primeira vitória do time em Quito desde 2001, registrou mais um recorde para a interminável coleção de Messi.

Com 21 gols, ele é agora o maior artilheiro da história das Eliminatórias, ao lado de seu companheiro de Barça Luis Suárez, que balançou as redes no triunfo por 4 a 2 de seu Uruguai sobre a Bolívia, em resultado que confirmou a celeste na Rússia.

O Brasil se classificou para o certame russo em primeiro lugar, com 41 pontos, seguido por uruguaios  (31 pontos), argentinos (28) e colombianos, que empataram com o Peru em Lima. Os peruanos disputarão a repescagem por uma vaga contra a Nova Zelândia.

Mais culés carimbam o passaporte

Ao lado de Mascherano, Messi e Suárez, passaram a engrossar ontem o “clube” dos culés que carimbaram passaporte ao Mundial Ousmane Dembélé, Samuel UmtitiLucas Digne, da França, que bateu a a Bielorrúsia por 2 a 1 (gols de Griezmann e Giraud; Digne e Umiti titulares), além de Nélson Semedo e André Gomes, de Portugal, que superou a Suíça por 2 a 0 (gols de Djourou e André Silva; Gomes entrou no segundo tempo).

Franceses e lusos terminaram seus respectivos grupos – A e B - em primeiro lugar.

Voltar ao início