fcb.portal.reset.password
Os jogadores do Atlético celebram um gol na Liga Espanhola.

Filipe Luis e Óliver Torres são alguns dos reforços do Atlético / clubatleticodemadrid.com

FC Barcelona e Atlético de Madrid se enfrentaram diversas vezes nas últimas temporadas e voltam a estar cara a cara no próximo sábado, em jogo válido pela 3ª rodada da Liga Espanhola. Além dos duelos pelo Espanhol, ambas as equipes se cruzaram na Copa do Rei, na Liga dos Campeões e na Supercopa da Espanha. Um rival próximo, que o Barça conhecia bem, mas que para essa temporada apresenta um elenco com várias mudanças.

Entretanto, a filosofia é a mesma. Uma ideia de jogo que reflete à perfeição a personalidade do técnico Diego Pablo Simeone. Um estilo aguerrido que os novos atletas terão que assimilar o antes possível. A única posição onde não houve alterações foi no gol. Jan Oblak e Miguel Ángel Moyá seguem como goleiros oficiais. Por outro lado, todos os setores contam com novidades. No quadro abaixo, os atletas que chegaram em saíram do clube (nessa ordem) nessa temporada. 

Athletic de Madrid

ATLÉTICO DE MADRID

  • Luciano Vietto
  • Jackson Martínez
  • Óliver Torres
  • Yannick Carrasco
  • Filipe Luis
  • Stefan Savic
  • Thomas Partey
  • Ángel Correa
  • Cristian Ansaldi
  • Arda Turan
  • Mandzukic
  • Miranda
  • Cani
  • Mario Suárez
  • Raúl Jiménez
  • Raúl García

Defesa

Até a temporada passada, o Atlético de Madrid tinha uma das duplas de zaga mais fortes e eficientes da Liga Espanhola, formada por Miranda e Godín. Além do surgimento do jovem uruguaio José María Giménez. Entretanto, Miranda trocou a capital espanhola por Milão, para vestir a camisa da Internazionale. Para o lugar dele, o Atlético trouxe da Fiorentina o zagueiro Stefan Savic.

A outra novidade na zaga colchonera foi o regresso de Filipe Luis para a lateral esquerda. O brasileiro tinha ido ao Chelsea na temporada passada, mas decidiu regressar ao futebol espanhol. O argentino Cristian Ansaldi também deixou o clube madrilenho no último mercado do verão europeu.

Meio de campo

As mudanças ocorridas no meio de campo do Atlético de Madrid também são bastante significativas, principalmente com relação ao atletas que saíram. O principal exemplo é Arda Turan, contratado pelo FC Barcelona. Além dele, a equipe madrilenha sofreu a perda de Cani, Mário Suárez e Raúl García.

Para o lugar deles, o Atlético trouxe os jovens Óliver Torres e Thomas Teye, que estavam emprestados ao FC Porto e Almeria, respectivamente. Outro reforço na meia é o do belga Yannick Carrasco, que estava no Mônaco.

Ataque

O setor ofensivo foi o que teve o maior número de mudanças importantes. Mario Mandzukic e Raúl Jiménez trocaram o Atlético por Juventus e Benfica, respectivamente. Em compensação, o clube madrilenho buscou um reforço de peso, o do colombiano Jackson Martínez, estrela do FC Porto nas últimas temporadas.

Outra novidade é a de Ángel Correa, uma promessa argentina que já deveria ter sido contratada no verão passado. Por último, Luciano Vietto, uma das grandes sensações da última Liga Espanhola atuando pelo Villarreal.

Voltar ao início