fcb.portal.reset.password

Rafinha, em treino da Seleção Brasileira / Rafael Ribeiro - CBF

Convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira principal, Rafinha Alcântara mal pode conter a alegria. Em entrevista ao jornal Marca, o meio-campista culé disse que nem teve dúvidas quando precisou decidir qual selecionado deveria estar apto para defender.

"A escolha entre Brasil e Espanha foi a decisão mais fácil da minha vida", afirmou o jogador, chamado para a vaga aberta com a lesão de Oscar. "Eu sou brasileiro, 100% brasileiro. Apenas segui o meu coração e escolhi o Brasil. Quando você segue o seu coração, o seu sonho finalmente se torna realidade".

Neymar e Thiago

Rafinha também falou sobre Neymar, companheiro de clube com o qual agora também divide o vestiário do time de Dunga. "É incrível ter o Neymar ao meu lado logo na minha primeira convocação", elogiou. "Estou desfrutando muito com meus novos companheiros de equipe".

O atleta opinou, ainda, a respeito da opção de seu irmão mais velho, o ex-barcelonista Thiago Alcântara, pela Seleção Espanhola (que defende desde as categorias de base). "Eu e o meu pai [o ex-jogador Mazinho] sempre tentamos convencer o Thiago a jogar pela seleção brasileira, mas não funcionou por puro azar. A Espanha o convocou muito cedo", observou.

Voltar ao início