fcb.portal.reset.password

Pedro, com o seu 20º troféu em Tbilisi (Geórgia) / MIGUEL RUIZ-FCB

Pedro Rodríguez (28 anos) chegou ao FC Barcelona no verão europeu de 2004 para jogar no juvenil do clube procedente do Raqui San Isidro, de Tenerife. Onze anos depois, deixa o Barça após ser um dos protagonistas dos melhores anos da história azul-grená, somando dois tripletes e um total de 20 títulos.

A estreia

Sem fazer barulho, o atleta – na época conhecido como Pedrito – fez a sua estreia como profissional culé na temporada 2007/08. O treinador holandês Frank Rijkaard foi o responsável por dar a primeira oportunidade ao jovem atacante das Ilhas Canárias. Pedro cumpriu o sonho de estrear no Camp Nou. Na ocasião, substituiu o camaronês Samuel Eto’o.

A consagração

Na temporada 2008/09, Pep Guardiola transformou Pedro em um jogador com muita presença na equipe profissional. Apesar de seguir jogando com o Barça B, aos poucos o atacante foi conquistando o seu espaço até chegar a ser uma peça importante nos 20 títulos conquistados pelo Barça durante a sua trajetória no clube.

Os gols de Pedro na Supercopa da Europa de 2009, no Mundial de Clubes da FIFA de 2009, na final da Champions League de Wembley 2011 ou, mais recentemente, na Supercopa da Europa 2015, serão eternamente lembrados e são apenas alguns exemplos do seu papel de destaque.

99 gols em 321 jogos

Durante a sua trajetória profissional no Barça, Pedro Rodríguez disputou 321 jogos oficiais e marcou 99 gols. Nesse período, ganhou 20 títulos distribuídos da seguinte maneira: 5 Ligas, 3 Champions League, 3 Copas do Rei, 3 Supercopa da Europa, 4 Supercopas da Espanha e 2 Mundiais de Clubes. Além disso, foi campeão do mundo em 2010 e campeão europeu em 2012 com a seleção espanhola.


Pedro Rodríguez: Farewell after 20 titles... by fcbarcelona
Voltar ao início