fcb.portal.reset.password
Van Gaal, no Camp Nou

Van Gaal, no Camp Nou / ARQUIVO FCB

O Levi's Stadium, em San Francisco, será o cenário do reencontro do FC Barcelona com um velho conhecido, seu ex-treinador Louis Van Gaal. Será neste sábado, 25 de julho, às 17h (de Brasília), no segundo duelo do Barça na International Champions Cup, contra o Manchester United.

Van Gaal assumiu o cargo de treinador dos ‘Diabos Vermelhos’ após chegar nas semifinais da Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014 no comando da seleção holandesa. Antes disso, o último clube que tinha comandado tinha sido o Bayern de Munique, onde esteve por três temporadas.

Quatro títulos com o Barça

Após um ano ruim no Ajax, equipe com a qual conquistou o título da Champions League em 1995, Van Gaal chegou ao FC Barcelona no verão europeu de 1997. Na ocasião, surgia como o sucessor perfeito para o seu compatriota Johan Cruyff, que liderou o famoso Dream Team culé do início dos anos 90.

Substituiu o técnico inglês Bobby Robson e a sua primeira temporada como culé foi um grande sucesso. Venceu a Liga Espanhola, a Copa do Rei e a Supercopa da Europa. Após 39 anos, o Barça voltava a conseguir os títulos da Liga e Copa no mesmo ano. Na sua segunda temporada, conquistou novamente o Campeonato Espanhol.

Mas após não ganhar nada na sua terceira temporada, apesar de ficar em segundo lugar na Liga e cair nas semifinais da Copa do Rei e da Champions League, pediu demissão faltando um ano para o fim do seu contrato.

Amargo regresso 

O Barça somava três anos consecutivos sem títulos e o presidente Joan Laporta convenceu o treinador holandês para que voltasse a liderar a equipe azul-grená dois anos após a sua saída do clube. Desse modo, Van Gaal iniciava a sua segunda etapa no Barcelona.

Entretanto, o novo vínculo durou apenas meia temporada. Em janeiro de 2003, o clube rescindiu o contrato do técnico por culpa do péssimo momento esportivo da equipe. Van Gaal se despedia definitivamente do Barça após comandar a equipe em 201 jogos oficiais.

Voltar ao início