fcb.portal.reset.password
De Marcos celebrando a Supercopa no Camp Nou

De Marcos celebrando a Supercopa no Camp Nou / ATHLETIC CLUB

Para o meia do Athletic Club, Óscar de Marcos (26 anos), o FC Barcelona sempre será um rival especial. Contra o Barça, marcou o seu primeiro gol no Estádio San Mamés, algo que não vai esquecer nunca. Em uma entrevista exclusiva para o www.fcbarcelona.com.br, realizada na tarde desta sexta-feira, o jogador basco analisou o duelo do próximo domingo em Bilbao, que marca a estreia de ambas as equipes na Liga Espanhola 2015/16. Confira!

Como foi o regresso da Eslováquia? 

"Foi tudo bem, mas estamos um pouco cansados. Dormimos ali e chegamos em Bilbao nesta sexta-feira às 13h30 e treinamos no período da tarde.

O Zilina virou um jogo que parecia decidido. Vocês venciam por 2 a 0 e perderam por 3 a 2...

"Tínhamos o jogo controlado e um gol deles mudou tudo. Com o 2 a 1 eles vieram ao ataque, se arriscaram e conseguiram virar o jogo. Sabíamos que podíamos vencer no contra-ataque, mas não fomos eficientes".

Sobre o Barça. O que mudou após a vitória culé por 3 a 1 na final da Copa do Rei até a Supercopa da Espanha disputada há alguns dias?

"É difícil explicar. O que eu posso dizer é que talvez pensávamos que não ganharíamos essa final. Era um duelo de ida e volta que seria decidido no Camp Nou, contra um time como o Barça...parecia muito difícil. Mas jogamos com tudo em casa e conseguimos um grande resultado. No Camp Nou jogamos com garra e ficamos com o título".

O cansaço foi apontado como um dos motivos principais no dia do 4 a 0. Após esse duelo na Eslováquia, acredita esse fator vai pesar desta vez contra vocês? 

"Talvez porque é pré-temporada e seja mais difícil se recuperar, mas não acredito que foi algo fundamental. Se tem jogadores capazes de jogar duas partidas em três dias, são os do Barça". 


O que espera do duelo deste domingo? 

"Vamos entrar para vencer e ter o controle da partida. Nñao podemos mudar nossa forma de jogar e pensar. Fizemos dois jogos excelentes contra um Barça que tem muita qualidade. Tentaremos repetir isso".

E o que espera do Barça?

"Eles também não mudarão sua forma de pensar. É impossível que mudem, pois venceram tudo jogando como jogam. Faremos de tudo para vencer, mas contra o Barça não depende de você e sim da falta de acerto deles".

Considera o Barça favorito ao título da Liga?

"Sim, acho que é o favorito, tem um grande elenco. O Real Madrid também. Tudo dependerá do desempenho de Messi e Cristiano Ronaldo".

Qual o segredo para anular Messi dentro de campo?

"É muito, mas muito difícil. Creio que fez um bom trabalho contra ele nesses dois jogos. Tive que marcar ele algumas vezes e asseguro que é muito complicado. Por mais que você saiba onde sairá, não sabe quando nem como ele vai fazer isso". 



Quais são os objetivos do Athletic?

"Vamos jogos a jogo. Agora temos um duelo importante contra o Barça e na próxima quinta-feira jogamos o duelo de volta contra o Zilina. Temos que ir pouco a pouco". 

Seu primeiro gol foi há seis anos, contra o Barça...

"Sim, foi um dos momentos mais especiais da minha carreira. Era o dia da minha estreia no Estádio San Mamés. Depois marquei outros inesquecíveis". 

Entretanto, no ano passado o Barça venceu por 5 a 2 e você marcou um contra...

"Pois é, mas isso é melhor esquecer (risos). Se penso nos erros que cometi e nos que ainda vou cometer, estou morto. Melhor nem pensar".

Qual o seu palpite para o jogo?

"2 a 1 para o Athletic Club".

Voltar ao início