fcb.portal.reset.password
Messi, no momento do chute do gol da vitória.

Messi garantiu a virada com um golaço / MIGUEL RUIZ-FCB

O FC Barcelona venceu o clássico contra o Atlético de Madrid neste sábado de virada, por 2 a 1, no Estádio Vicente Calderón, em Madri. Os gols da sensacional vitória foram marcados por Neymar Jr. e Leo Messi. A dupla letal voltou a ser decisiva e garantiu os 100% de aproveitamento do Barça em três rodadas disputadas da Liga Espanhola 2015/16.

Equilíbrio sem gols

Foi um primeiro tempo equilibrado. As duas equipes eram fieis aos seus respectivos estilos. O Barça dominava a posse de bola e tentava criar ocasiões. O Atlético mostrava seu talento defensivo e buscava os contra-ataques. Messi, que teve uma semana atípica com jogos pela Argentina e o nascimento do seu segundo filho, começou o duelo no banco de reservas.

O Barcelona sentiu a ausência do seu camisa 10. Apesar disso, teve ocasiões para marcar, principalmente com Suárez, que mandou na trave e Neymar Jr, que viu o zagueiro rival bloquear um chute que tinha direção certa. Os donos da casa assustaram em um contra-ataque de F. Torres. Era um aviso para o Barça, que perdeu Vermaelen – lesionado – na etapa inicial.

Golaço de Neymar

No segundo tempo o equilíbrio continuou, mas desta vez com gols. No minuto 51, Torres, em um lance idêntico ao do primeiro tempo, recebeu um lançamento e chutou cruzado na saída de Ter Stegen. O velho carrasco culé voltou a aparecer e proporcionou uma festa incrível ao torcedor colchonero que lotou o Vicente Calderón.

Mas a festa durou pouco. Quatro minutos depois, Neymar Jr. cobrou uma falta da entrada da área com perfeição, no ângulo direito de Oblak e deixou tudo igual. Um golaço, o primeiro do brasileiro na temporada e silêncio total no estádio madrilenho.

O gênio decide

No minuto 59 da partida, Luis Enrique decidiu colocar Messi em campo. Para isso, tirou Rakitic, atrasou Rafinha e voltou a armar o tridente ofensivo mais letal do futebol mundial. O genial camisa 10 do Barça infernizou a zaga rival desde o primeiro segundo que pisou no gramado até o apito final. No meio disso, marcou o gol da virada do Barça.

No minuto 77, Alba tocou para Suárez na área. O uruguaio mandou de primeira para o Messi dominar e tocar na saída de Oblak. Foi o quarto gol dele em seis jogos oficiais na temporada. O genial argentino voltou a castigar a sua maior vítima e garantiu a liderança do Barça na Liga Espanhola e os 100% de aproveitamento da equipe na competição.

[[BOTOVERMELL::As estatísticas do ++Atlético 1-2 Barça::http://www.fcbarcelona.com.br/futebol/time-principal/match-archive/2015-2016/liga-espanhola/rodada-3/atletic-de-madrid_fc-barcelona/info::HOR::NF::NO-TRACKING::::::]]

Voltar ao início