fcb.portal.reset.password

 

A edição 2015/16 da Champions League, que tem sua fase de grupos iniciada este mês – para o FC Barcelona, especificamente no dia 16 – trará diversos nomes com passagem pelo clube catalão e que hoje defendem outras equipes. São 15 jogadores e seis técnicos com passado azul-grená na competição.

Estes 21 personagens se dividem em doze dos 32 times classificados, e marcam presença em seis dos oito grupos - o H e o C são as exceções. A seguir, detalhamos um pouco da atualidade de cada um deles.

Keita e Falqué

O próprio Barça enfrentará alguns destes jogadores em seu grupo, o E. Já na estreia, contra a Roma no Estádio Olímpico, Seydou Keita - homenageado no último torneio Gamper -, e Iago Falqué estarão em campo pela Roma. Outro adversário da equipe de Luis Enrique nesta etapa, o BATE Borisov, traz Alexander Hleb, vinculado ao clube catalão entre 2008 e 2012. O Bayern Leverkusen completa a chave.

O grupo dos ex-culés                                                                                    

O grupo que conta com mais ex-culés, porém, é o F, lar de quatro atletas que passaram pela entidade, repartidos em três times: no Arsenal figuram Héctor Bellerín e Alexis Sánchez; o poderoso Bayern de Munique, por sua vez, é comandado pelo ídolo azul-grená (nos gramados e no banco) Pep Guardiola, e tem o meio-campista Thiago Alcântara, que recentemente renovou seu contrato com os alemães. Por fim, o Olympiacos tem em seu elenco Alberto Botía. O Dínamo de Zagreb completa o grupo.

A presença do Barça também se faz notar no G, com o Chelsea de Cesc Fábregas e Pedro Rodríguez, treinado por José Mourinho, e o Porto do atacante Cristian Tello e o técnico Julen Lopetegui. Estas duas equipes enfrentaram também Dínamo de Kiev e Maccabi de Tel Aviv.

Touré e Cáceres no "grupo da Morte"

O D, chamado "grupo da morte", tem como protagonistas a Juventus, de Martín Cáceres, de volta após passar por cirurgia em março, o Manchester City de Yaya Touré e o atual campeão da Europa League, Sevilla. O Borussia Mönchengladbach, antiga casa de Ter Stegen, fecha o quarteto.

Duelo nos bancos

Outros treinadores com o Barça no currículo nesta Liga dos Campeões são o francês Laurent Blanc, do PSG de Ibrahimovic, Maxwell e Motta, que enfrentarão Real Madrid, Shakhtar Donetsk e Malmö, e os holandeses Phillip Cocu e Louis van Gaal, comandantes de PSV Eindhoven e Manchester United. A dupla, que coincidiu em Barcelona quando Cocu era jogador e Van Gaal técnico, se reencontrará no grupo B, no qual lhes fazem companhia CSKA de Moscou e Wolfsburgo.

Voltar ao início