fcb.portal.reset.password

Ter Stegen, Bravo ou Masip estrearão neste sábado em clássicos

A renovação no gol do Barça nesta temporada ocasionará, inevitavelmente, a estreia de um goleiro culém em uma edição de um Real Madrid x FC Barcelona pela Liga. Tanto Claudio Bravo quanto Marc-André ter Stegen e Jordi Masip nunca disputaram um Clássico, e um deles pelo menos fatalmente o fará neste sábado no Santiago Bernabéu.

Levantamos o retrospecto dos últimos nove arqueiros culés a passarem por esta tão aguardada situação. No total, foram duas vitórias, três empates e cinco derrotas.

Vitórias e empates

Começamos pelos que se sairam melhor O holandês Ruud Hesp estava em campo nos 3 a 2 obtidos em pleno Bernabéu na temporada 1997-98, enquanto o francês Richard Dutruel defendia o gol na vitória por 2 a 0 no  Camp Nou, em 2000-01.

Andoni Zubizarreta, hoje diretor esportivo do FC Barcelona, viu seu primeiro duelo contra o Madrid, pela 8ª jornada da temporada 1986/87 na casa do adversário, terminar em 1 a 1. O outro estreante a empatar, também em Madri, foi José Manuel Reina, da Seleção Espanhola e atualmente no Bayern de Munique: 2 a 2 na temporada 2000-01.

O que tiveram menos sorte

Jogando no Bernabéu, tiveram menos sorte em suas estreias Carles Busquets (derrota por 5 a 0 na temporada 1994-95), Arnau (3 a 0 em 1999/2000), Vítor Baía (2 a 0 em 1996/97) e Bonano (2 a 0 em 2001-02), enquanto Valdés (2 a 1 em 2003-04) teve que lidar com derrota em casa.

Goleiros que não jogaram Clássicos pela Liga

Nos últimos anos também houve casos de goleiros do FC Barcelona que, por diversos motivos, não disputaram nenhuma edição do Clássico válida pela Liga. Foram eles: Unzué, Lopetegui, Angoy, Enke, Rubén, Miño, Jorquera, Oier e Pinto.

Voltar ao início