fcb.portal.reset.password

Ignasi Miquel, Mikel Arteta, Eiður Guðjohnsen e Marc Muniesa, ex-atletas do FC Barcelona, hoje no futebol inglês / FCB

No final deste mês, o FC Barcelona viajará à Inglaterra para enfrentar o Manchester City pela Liga dos Campeões. O país onde nasceu o futebol tem sido também um dos destinos preferidos de jogadores com passagem pelo clube azul-grená nos últimos anos. Preparamos um especial com um resumo da situação atual destes atletas, que se dividem entre a Premier League e a Championship. A maioria surgiu nas categorias de base do Barça. Confira:

Goleiro

Victor Valdés (Manchester United)

Com seis Ligas e três Champions pelo Barça, onde esteve por duas décadas, Valdés é um dos goleiros mais vitoriosos de todos os tempos, além de recordista em número de jogos pelo clube em sua posição. Uma contusão no ligamento cruzado o deixou sem clube no início desta temporada, mas em seguida foi contratado pelo Manchester United, comandado por seu ex-técnico Louis Van Gaal.

Zagueiros

Héctor Bellerín (Arsenal)

Outro produto da Masia, chegou ao Arsenal em 2011, tendo seu primeiro contrato como profissional dois anos depois. Após empréstimo de uma temporada ao Watford, voltou ao Emirates, e em setembro de 2014 estreou pela Champions League contra o Borussia Dortmund.

Marc Muniesa (Stoke City)

Segundo estreante mais jovem da história do FC Barcelona em 2009, o zagueiro e lateral esquerdo acabou permanecendo por quatro anos mais no Barça B, até se transferir ao Stoke City em julho de 2013. Sob direção de outro ex-culé, Mark Hughes, os Potters têm no jogador catalão uma de suas principais referências.

Damià Abella (Middlesbrough)

Após debutar pelo time principal do Barça em 2004, Abella passaria por Racing de Santander, Betis e Osasuna, aterrissando no Middlesborough, da Championship, no verão passado. Lamentavelmente, não tem jogado por causa de uma lesão no joelho esquerdo.

Ignasi Miquel (Norwich City)

Contratado pelo Arsenal quando tinha apenas 15 anos, Miquel teve chances no time principal, mas acabou emprestado por um ano ao Leicester, sendo posteriormente vendido ao Norwich, da Championship, no início desta temporada.

Meio-campistas

Mikel Arteta (Arsenal)

Embora formado na Masia, o basco Arteta nunca atuou pelo time principal. Passou um ano no Paris Saint-Germain, depois militou no Glasgow Rangers e na Real Sociedad. O sucesso viria, porém, nos seis anos em que esteve no Everton. Em 2011 foi para o Arsenal, onde é atualmente o primeiro capitão. Acaba de renovar o contrato, mas ficará três meses fora por uma lesão no tornozelo.

Cesc Fábregas (Chelsea)

 O coringa de Arenys de Mar deixou as categorías de base do FC Barcelona aos 16 anos para virar ídolo no Arsenal. Retornou em 2011, ganhando varios títulos ao lado de Xavi, Iniesta, Busquets e companhia. Três temporadas depois, voltou a Londres, dessa vez para defender o Chelsea, sendo titular na equipe de José Mourinho.

Yaya Touré (Manchester City)

Integrante de um dos melhores Barças da hitória, do qual participou por três anos, hoje é um ídolo no Etihad, onde o elegeram jogador do ano na temporada pasada. Com um gol a cada três jogos, foi considerado três vezes o jogador africano do ano.

Andrea Orlandi (Blackpool)

Oriundo do Alavés, no País Basco, o catalão jogou por empréstimo no Barça B entre 2003 e 2006, aparecendo apenas uma vez no time principal. Passagens por Swansea e Brighton antecederam sua chegada  ao Blackpool, da Championship, onde é o destaque do meio de campo.

Alex Song (West Ham)

Ainda ligado ao FC Barcelona, o ex-Arsenal está no West Ham desde o começo desta temporada. Com 49 jogos pela Seleção de Camarões, Song recentemente anunciou que agora só defenderá clubes.

Jordi Gómez (Sunderland)

Após períodos no Espanyol, Swansea City e Wigan Athletic – onde conquistou uma FA Cup -, Gómez se encontra no Sunderland, onde é titular indiscutível.

Jon Toral (Brentford)

Antigo companheiro de Sergi Samper nas divisões de base culés, Toral rumou ao Arsenal aos 16 anos. Chegou a estar em campo em dois amistosos do time principal no verão passado, mas acabou cedido ao Brentford, da Championship.

Atacantes

Alexis Sánchez (Arsenal)

Sempre tendo muito concorrência no Barça, Alexis, que antes se havia destacado na Udinese, brilhou na terceira de suas temporadas culés. No Arsenal desde a alvorada do atual curso, o chileno é o quarto maior goleador da Premier League, com 12 gols.

Bojan Krkić (Stoke City)


Mesmo sem ter sido titular, este atleta revelado pela Masia acumula mais de 100 jogos oficiais pelo FC Barcelona. Roma, AC Milan e Ajax foram suas outras equipes antes da atual, o Stoke City.

Eiður Guðjohnsen (Bolton Wanderers)

Primeiro islandés a vencer a Champions, Guðjohnsen rodou bastante após seus três anos de Barça, perambulando por França, Inglaterra, Grécia e Bélgica. No ano passado retornou ao Bolton, da Championship, onde jogava antes de migrar ao Chelsea (seu clube prévio ao FC Barcelona).

Segundos times

Sergi Canós (Liverpool), Cristian Ceballos (Tottenham Hotspur), Jordi Ortega (Wolverhampton Wanderers), Julio Pleguezuelo (Arsenal), Josimar Quintero (Chelsea), Roger Riera (Nottingham Forest) e Albert Torras (Wolverhampton Wanderers) são os jogadores do FC Barclona que atuam por segundos times de clubes ingleses.

Voltar ao início