fcb.portal.reset.password

Os oito jogadores do time principal que estrearam nesta temporada / FOTOMONTAGEM FCB

O FC Barcelona de Luis Enrique terminou a temporada da melhor forma possível, conquistando um triplete que entrou para história, graças à bem-sucedida integração entre os jogadores já presentes no elenco e os novos integrantes. Tanto as grandes contratações quanto os jovens do Barça B foram importantes para o desempenho excelente obtido pelo elenco azul-grená durante este ano de trabalho. A seguir, analisamos cada um destes agora "ex-novatos":

Rakitic (3.603 minutos): o croata foi uma peça chave no meio de campo culé. Disputou 51 partida e marcou 8 gols, o último deles o primeiro da final da Liga dos Campeões contra a Juventus.


Luis Suárez (3.546 minutos): rapidamente adaptado ao Barça, formou, com Messi e Neymar, o melhor ataque da história, responsável por 122 gols. Deste total, 25 foram do uruguaio, que atuou em 43 oportunidades.


Claudio Bravo (3.330 minutos): goleiro da equipe em confrontos da Liga, não decepcionou e ainda conquistou o Troféu Zamora, concedido aos arqueiros menos vazados, sofrendo apenas 19 gols em 37 partidas.


Mathieu (2.759 minutos): o francês entrou em campo 41 vezes, atuando como zagueiro ou lateral esquerdo e anotando três gols.


Ter Stegen (1.890 minutos): defendeu a meta barcelonista na Champions e na Copa do Rei. Sua juventude (23 anos) não impediu que mostrasse grande maturidade e segurança. Sofreu 21 gols em 16 jogos.


Munir (871 minutos): o atacante do Barça B foi uma das revelações do início da temporada, aparecendo como uma das principais alternativas ofensivas no banco. Estreou nas três competições e balançou as redes rivais em 16 ocasiões, incluindo em seu primeiro compromisso pela Liga, contra o Elche em 24 de agosto de 2014 (3-0).


Sandro (306 minutos): o atacante canário, que debutou na Liga contra o Villarreal, contabilizou 12 jogos pelos três campeonatos e quatro tentos. Foi mais participativo no início do ano esportivo.


Samper (286 minutos): o jovem meio-campista fez sua estreia no primeiro duelo da Liga dos Campeões diante do APOEL (1-0) e depois entrou em cena três vezes pela Copa do Rei.


Douglas (273 minutos): o lateral brasileiro disputou dois jogos da Liga e três da Copa do Rei.


Jordi Masip (180 minutos): o terceiro goleiro esteve em ação contra o Huesca no Camp Nou pela Copa e na última rodada da Liga ante o Deportivo, sofrendo três gols.


Gumbau (90 minutos): o catalão do Barça B estreou pela Copa do Rei contra o Elche (0-4), permanecendo entre os titulares durante os 90 minutos.


Vermaelen (66 minutos): o zagueiro belga só pôde fazer seu début na derradeira rodada da Liga.


Halilovic (31 minutos): o croata da filial mostrou serviço durante meia hora em Elche, pela Copa do Rei.


Edgar Ié (29 minutos): o jogador do Barça B teve o gostinho de estar no gramado com o time principal na fase dezesseis avos de final da Copa do Rei, fazendo boas intervenções.


Voltar ao início