fcb.portal.reset.password
Montagem com Suárez, Messi e Neymar Jr celebrando um gol abraços com um fundo azul.

Os gols de Messi, Neymar e Suárez foram fundamentais para o título da Liga / FCB

O FC Barcelona é o novo campeão da Liga Espanhola. A equipe liderada por Luis Enrique realizou uma temporada exemplar, que contou com momentos históricos durante a trajetória até o seu 23º título espanhol. Abaixo, você pode relembrar todos eles: 

1- Luis Enrique, estreia com vitória

"Creio que é uma noite muito bonita para todos, especialmente para os estreantes". Luis Enrique descreveu dessa maneira a estreia da equipe na Liga, em uma partida que terminou com vitória por 3 a 0 sobre o Elche, com direito a dois gols de Messi e um de Munir - titular pela primeira vez em uma partida oficial. Os três primeiros pontos de muitos que conseguiriam até o título.

2- Claudio Bravo, 754 minutos invicto

No seu primeiro ano como jogador do Barça, o goleiro chileno teve um início arrasador na Liga. Com sete vitórias e um empate em oito jogos, Claudio Bravo ficou um total de 754 minutos sem sofrer gols. Foi superado pela primeira vez apenas na 9ª rodada, o que lhe serviu para o quebrar o recorde de imbatibilidade na Liga como goleiro culé. A marca anterior pertencia a Pedro María Artola, com 560 minutos sem sofrer gols na temporada 1977/78. Falta uma rodada para o fim da competição. Até o momento, Bravo sofreu apenas 19 gols em 37 jogos. 

3- Messi, o maior goleador da Liga

Foi uma temporada especial para Leo Messi. O craque argentino segue quebrando recordes e fazendo história no futebol mundial. Em um duelo contra o Sevilla, válido pela 12ª rodada da Liga Espanhola, o camisa 10 do Barça marcou um hat-trick e se converteu no maior artilheiro da história competição, com 253 gols. Desse modo, Messi pulverizou a marca do lendário Telmo Zarra (251) que durava quase 60 anos.  

4- A estreia de Luis Suárez como goleador

A estreia oficial do atacante uruguaio com a camisa do Barça ocorreu na 9ª rodada, mas seu primeiro gol só foi marcado no dia 20 de dezembro, em uma vitória contra o Córdoba por 5 a 0. Daquele dia em diante, Luis Suárez conectou perfeitamente com Messi e Neymar Jr e deram início ao tridente mais letal do futebol mundial. Até o momento, Suárez marcou 16 gols na Liga Espanhola e deu nove assistências. 

5- Anoeta, a última derrota fora de casa

No dia 4 de janeiro, em San Sebastián, o FC Barcelona foi superado pela Real Sociedad no primeiro jogo do ano (1-0) e perdeu a chance de ser líder da Liga Espanhola. A derrota causou uma pequena crise no clube. Por coincidência, foi a última que o Barça sofreu fora de casa na Liga Espanhola. Além disso, após essa partida a equipe culé conseguiu nove vitória e um empate nos dez jogos seguidos fora de casa, incluindo a do último domingo contra o Atlético de Madrid

6- Um tridente em grande forma

Sem dúvida, a conexão entre Messi, Suárez e Neymar Jr. teve um peso decisivo na conquista do título espanhol. A primeira vez que os três marcaram na mesma partida foi justamente contra o Atlético de Madrid, em uma vitória por 3 a 1 no Camp Nou, válida pela 18ª rodada da competição. Um feito que voltaria a ocorrer contra o Athletic (2-5), o Levante (5-0), o Getafe (6-0) e o Córdoba (0-8). Messi soma 41 gols até o momento, Neymar 22 e Suárez 16. Um total de 79 dos 108 marcados pelo Barça na competição. .

7- O Barça recupera a liderança

Em apenas duas rodadas o FC Barcelona conseguiu tomar a liderança do Real Madrid, tirando os quatro pontos de vantagem da equipe merengue. Os craques culés souberam aproveitar os tropeços do eterno rival contra Villarreal (1-1) e Athletic (1-0). Venceram o Granada (1-3) e o Rayo Vallecano (6-1) e voltaram ocupar a primeira posição da Liga, de onde já não saiu mais. 

8- Triunfo no clássico do Camp Nou

Após o triunfo contra o Rayo Vallecano, na 28ª rodada, o Barça voltou a ser líder da Liga, um ponto na frente do Real Madrid. Uma vantagem que aumentaria após a vitória no clássico disputado no estádio Camp Nou. Mathieu e Suárez asseguraram o triunfo culé por 2 a 1

9- Xavi, histórico

Essa temporada será lembrada também por ter sido a que Xavi superou os 500 jogos oficiais na Liga Espanhola, todos com a camisa do Barça. O meia culé, que já tinha completado 750 partidas oficiais pelo Barcelona, atingiu a marca dos 500 jogos na Liga no derby catalão, contra o Espanyol, no Power8Stadium. Atualmente, Xavi soma 504 jogos na Liga Espanhola.

10- Campeões no Calderón

Um ano após o Atlético de Madrid conseguir o título da Liga Espanhola contra o Barça, no Camp Nou, a equipe deu o troco na mesma moeda. O FC Barcelona se sagrou campeão com um triunfo por 1 a 0 no Vicente Calderón, que garantiu matematicamente o título faltando uma rodada para o término da competição.

 

Voltar ao início