fcb.portal.reset.password
Bravo em ação contra o Peru

Bravo em ação contra o Peru / CONMEBOL.COM

O primeiro finalista da Copa América é o Chile do goleiro Claudio Bravo. A seleção anfitriã da competição superou o Peru na semifinal com uma vitória apertada por 2 a 1. O atacante Eduardo Vargas foi o herói da classificação e os chilenos voltam a disputar uma final do torneio sul-americano após 28 anos.

Superioridade numérica

O Chile obteve uma certa vantagem na partida após o minuto 20, quando o peruano Zambrano foi expulso por receber o segundo cartão amarelo. Apesar disso, os peruanos não se entregaram e mantiveram um ritmo alucinante até que, pouco antes do intervalo, Vargas abriu o placar para os donos da casa.

No segundo tempo, os chilenos tiveram diversas oportunidades para ampliar, mas quem acabou marcando foi o Peru. No minuto 60, Medel marcou contra e deixou tudo igual. A reação chilena foi imediata e, quatro minutos depois, Vargas definiu o placar com um golaço de fora da área.

Título inédito

Com a vaga assegurada na final, o Chile poderia conseguir no sábado o seu primeiro título da Copa América. Mas para isso terá que superar o vencedor de Argentina ou Paraguai. Caso sejam os argentinos os outros finalistas, a decisão terá a presença de três craques culés: Claudio Bravo, Messi e Mascherano.

Voltar ao início