fcb.portal.reset.password

Neymar fala a jornalistas na China / FOTO: RAFAEL RIBEIRO - CBF

Cada vez mais entrosados e decisivos no ataque do FC Barcelona, Neymar Jr. e Lionel Messi estarão em lados opostos no jogo entre Brasil e Argentina deste sábado (9h05, hora de Brasília), quando as duas grandes arquirrivais fazem mais uma edição do Superclássico das Américas.

O aguardado duelo dos craques foi um dos assuntos principais da entrevista coletiva concedia por Neymar nesta quinta-feira em Pequim, na China, local da partida.

"Tudo nele me impressiona"

"Jogar ao lado dele é uma grande honra, ele é o melhor do mundo, um craque", elogiou o brasileiro. "Jogar contra não é muito agradável, mas espero que eu possa me sair melhor". Diante da dificuldade de elaborar um plano perfeito para deter Messi, Neymar brincou, rindo: "temos de torcer para ele não estar num dia bom e não botar o pé na bola".

A "rasgação de seda" ao companheiro de equipe, já demonstrada em outras oportunidades, não parou por aí. "Tudo me impressiona no Messi pelo que ele faz em campo", afirmou. "As assistências, as jogadas, os gols. Na minha opinião, ele é o melhor do mundo. Estamos nos entendendo e nos entrosando cada vez mais. Até agora estamos dando conta, espero que possamos crescer para ajudar o Barcelona.

Martino

Neymar também falou de outro argentino com quem conviveu, Gerardo "Tatá" Martino, comandante do Barça na temporada passada e que no sábado estará no banco da Seleção Argentina.

"É um grande treinador", opinou. "Infelizmente, não foi nosso melhor ano, mas é uma grande pessoa e tem muito a fazer pela seleção argentina".

Voltar ao início