fcb.portal.reset.password

Leo Messi e Javier Mascherano depois da vitória sobre a Suíça pelas oitavas / FOTO: FIFA.COM

Ocorre neste sábado a segunda jornada das quartas de final da Copa do Mundo da FIFA 2014, que na sexta-feira contou com a classificação do Brasil de Neymar Jr. e Daniel Alves e da Alemanha. A Argentina de Leo Messi e Javier Mascheranoentra em campo às 13 horas no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, para enfrentar a Bélgica.

Se vencer, disputará sua primeira semifinal desde a Copa de 1990, quando a equipe então liderada por Diego Maradona superou a seleção anfitriã, Itália, e avançou à final contra a Alemanha.

Bélgica, um rival de respeito

Comandados por Marc Wilmots, os belgas, que apresentaram belo futebol nas oitavas de final contra os Estados Unidos, compõem um dos elencos mais jovens do torneio. Entre os maiores talentos dos 'Diabos Vermelhos' estão nomes como Thibaut Courtois (22 anos), Eden Hazard (23), Marouane Fellaini (26) e Romelu Lukaku (21), além de atletas mais experientes como Vincent Kompany ou Vertonghen.

Como a Argentina, que na etapa classificatória fez a lição de casa ao derrotar Bósnia (2 a 1), Irã (1 a 0) e Nigéria (3 a 2), a Bélgica também ostenta um retrospecto impecável na primeira fase do Mundial, com três vitórias em três jogos: Argélia (2 a 1), Rússia (1 a 0) e Coreia do Sul (1 a 0).

Messi, sempre decisivo

Leo Messi continua sendo o elemento diferencial argentino. O craque culé é até o momento o único jogador da Copa que recebeu quatro prêmios de melhor em campo. Com quatro gols e uma assistência de ouro para gol de Di Maria na vitória sobre a Suíça nas oitavas, o '10' tem sido imprescindível para a seleção alviceleste.

Voltar ao início