fcb.portal.reset.password

Messi, durante treino da Seleção Argentina / LA NACIÓN / Fabián Marelli

Quando a Argentina enfrentar a Jamaica, no próximo sábado pela Copa América, Messi estará realizando o seu 100º jogo pela seleção alviceleste. Uma vitória garantirá a equipe de Gerardo Martino nas quartas de final do torneio.

Em entrevista ao jornal argentino  'La Nación', o craque culé fez um balanço de seu atual momento e mencionou a importância que dá à Copa América. Confira os melhores momentos da conversa:

Sobre o jogo de número 100:

"Nestas 100 partidas, pude viver experiências incríveis, muito bonitas. Inesquecíveis. Foram situações que serviram para que eu crescesse como jogador, mas lamentavelmente sem nenhum título. Tomara que estes 100 jogos venham acompanhados de um".

Sobre a Copa América:

"Daria tudo por ganhar a Copa América. Este grupo merece, por como está lutando. Fizemos uma grande Copa e isso merece ser valorizado".

"É a foto que quero ter. Ganhar a Copa América também nos daria tranquilidade para encarar as eliminatórias para o Mundial. Não apenas por meus companheiros, pelo técnico ou por mim: é pelo país. A torcida também nos acompanha neste desejo".

Sobre o início da competição:

"Foi um começo duro. Pelos erros cometidos contra o Paraguai, que nos custaram a vitória, e pelo duelo contra o Uruguai, um jogo muito forte, travado, de muito choque. O que destaco é que a Argentina sempre se propôs a jogar".

"Já havia escutado antes sobre o rigor dos zagueiros sul-americanos. Sabemos que aqui os jogos são assim. Tudo certo, é algo que devemos enfrentar assim".

Voltar ao início