fcb.portal.reset.password

Luis Suárez, nos estúdios da Barça TV / FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB

Não, o mundo não acabou. Após a derrota sofrida para o Celta sábado no Camp Nou, Luis Suárez afirmou ao programa 'El Marcador', da Barça TV, que agora é hora de "levantar a cabeça". O atacante uruguaio disse também que teve "sensações agridoces" tanto no Santiago Bernabéu contra o Madrid quanto ontem em sua oficial na casa culé: "foi bonito, mas os resultados foram negativos".

Mesmo assim, o camisa 9 azul-grená explicou que esteve mais à vontade contra o Celta do que em suas duas partidas anteriores (além do derby, disputou a Supercopa da Catalunha contra o Espanyol na quarta): "me senti muito melhor do que no resto dos dias. No segundo tempo do clássico estava um pouco cansado. Os 45 minutos que joguei pela Supercopa foram bons para pegar ritmo, e contra o Celta as sensações foram boas".

Vitória "injusta"

Sobre a derrota propriamente dita, Suárez declarou: "às vezes o futebol é muito injusto. Quando a bola não quer entrar, não entra. O goleiro deles foi destaque". Para o artilheiro, o Celta é uma equipe "que pressiona muito e, se tem chance, aproveita".

"O jogo mais importante agora é o contra o Ajax", assegurou. "Que a torcida continue  confiando em nós, porque somos os primeiros a querer mudar esta situação".

Voltar ao início