fcb.portal.reset.password
Neste gráfico é possível observar como o uruguaio marcou sempre o mínimo de ha marcat sempre un mínim de 10 gols em liga por temporada. FOTO: FCB

O uruguaio sempre marcou pelo menos 10 gols em liga por temporada. FOTO: FCB

O incendiário novo reforço do Barça de Luis Enrique, Luis Suárez, adora quebrar recordes. Conhecido por sua técnica apurada, faro de gol e potência física, ele se supera a cada ano, registrando números impressionantes. Como por exemplo o fato de haver marcado o mínimo de dez gols por temporada em todas as ligas que disputou por diferentes equipes.

Nascido em 24 de janeiro de 1987 em Salto, Uruguai, Suárez começou sua trajetória futebolística no Nacional de Montevidéu aos 11 anos. O 17º uruguaio a defender o FC Barcelona estreou como profissional em 3 de maio de 2005, em partida contra o Junior de Barranquilla da Colômbia válida pela Copa Libertadores da América. Já no ano seguinte se destacou, marcando 10 gols em 27 jogos do campeonato nacional. Aos 19 anos, foi transferido ao FC Groningen da Holanda, o qual defendeu por apenas uma temporada, balançando as redes adversárias 17 vezes, antes de ser contratado pelo Ajax.

Espírito goleador

Suárez atuou por quase quatro anos em Amsterdã, ultrapassando a marca de 100 gols e se convertendo em capitão. Anotou 17 gols na primeira temporada, 22 na segunda e chegou ao auge na terceira, a de 2009-10, quando foi eleito o melhor jogador e colecionou impressionantes 35 tentos em 33 partidas. Foi, também, fundamental para que o Ajax voltasse à Champions e conquistasse uma Copa da Holanda.

No inverno de 2010, quando também já acumulava a experiência em uma Copa do Mundo – a da África do Sul, na qual marcou três vezes e contribuiu para que o Uruguai fosse às semifinais -, o atacante aterrissou no Liverpool. Somando-se os 7 gols registrados pelo Ajax antes da transferência e os 4 que fez pela Premier League (inclusive em sua estreia), terminou a temporada com onze. Em 2011-2012, ele já seria o máximo goleador do novo time, estufando o barbante em 11 oportunidades, nos 31 jogos em que esteve em campo. No ano futebolístico de 2012-2013 o agora ídolo do Liverpool figuraria na equipe ideal da Premier League e apareceria em segundo na votação dos melhores jogadores, registrando 23 gols em 33 partidos.

Quebrando recordes ingleses

A ascensão do craque não parava, e a melhor temporada na liga inglesa ainda estava por vir, a de 2013-2014, quando foi o artilheiro da Premier com 31 gols em 33 jogos (dez a mais do que o segundo colocado, seu então companheiro de time Daniel Sturridge). Mesmo tendo iniciado o campeonato mais tarde que os demais atletas, por causa de uma sanção. Tratava-se de um novo recorde, que superava a marca de 30 do galês Ian Rush (ativo entre 1980/1996). Suárez, que foi essencial para que o Liverpool voltasse a brigar pelo título, também passou por cima de outros tabus: tornou-se o primeiro jogador a anotar dois ou mais gols em cinco embates consecutivos em Anfield; se converteu no primeiro atleta do Liverpool a realizar três ‘hat tricks’ sobre o mesmo adversário (Norwich); e foi o primeiro jogador, desde Robbie Fowler, a marcar 20 ou mais gols em duas campanhas seguidas. Não poderia dar em outra que não a Chuteira de Ouro, que conquistou ao final da temporada, empatando com Cristiano Ronaldo.

Dobradinha Holanda-Inglaterra

Luis Suárez é um também dos dois únicos jogadores que ostentam no currículo a artilharia tanto na Eredivisie, a liga holandesa, e a Premier League. Apenas ele e Ruud Van Nistelrooy realizaram a façanha, deixando para trás outros craques holandeses que brilharam em ambas as ligas e foram goleadores máximos em uma delas, como Dennis Bergkamp ou Robin Van Persie. Mesmo assim, Van Nistelrooy, quando foi artilheiro na Inglaterra, pelo Manchester United em 2002/2003, marcou seis a menos que os 31 do sul-americano.

Na Eredivisie, Suárez brilhou na temporada 2009/2010, quando anotou nada menos que um total de 49 gols pelo Ajax, ganhando a Chuteira de Ouro e ajudando o Ajax a vencer a liga.Van Nistelrooy, por sua vez, foi o rei dos gols holandês das temporadas 1998/1999 e 1999/2000, defendendo o PSV Eindhoven. Na última delas, seu time foi o campeão.

Com sua chegada ao Barça, Luis Suárez poderá igualar Van Nistelrooy, que também foi o artilheiro da Liga Espanhola na temporada 2006/2007. E, com um total de 170 gols em todas as ligas que disputou, o novo atacante culé poderá fazer história, somando mais uma marca em seus recordes de pelo menos 10 gols em liga por temporada. A seguir, o resumo de seu desempenho a cada ano:

Nacional

2005/06: 10 gols, 27 jogos

Groningen

2006/07: 10 gols, 29 jogos

Ajax

2007/08: 17 gols, 33 jogos

2008/09: 22 gols, 31 jogos

2009/10: 35 gols, 33 jogos

2010: 7 gols, 13 jogos

Liverpool

2010/11: 4 gols, 13 jogos (o total com o Ajax naquela temporada é de 11 gols)

2011/12: 11 gols, 31 jogos

2012/13: 23 gols, 33 jogos

2013/14: 31 gols, 33 jogos

Total de gols em ligas: 170

 


Voltar ao início