fcb.portal.reset.password

Luis Enrique, com foto de Bobby Robson ao fundo, em St George's Park. FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB.

St. George’s Park é um lugar onde são veneradas as grandes figuras do futebol inglês, um costume expresso em fotografias e até mesmo esculturas. Instalado no centro precisamente no dia do quinto aniversário da morte de Sir Bobby Robson, Luis Enrique, que na temporada 1996/97 foi seu jogador, recordou o técnico em entrevista à Federação Inglesa de Futebol.

O que significou o Bobby Robson técnico para você?
"Significou muito para mim, no meu primeiro ano no Barça, 1996/97. Era o seu primeiro e último no clube, junto com Mourinho. Tive a oportunidade de jogar em muitas posições em muitos jogos, e foi um ano do qual guardo muitas boas lembranças e coisas positivas ".

E para o FC Barcelona enquanto clube, o que ele significou?
"Ainda que tenha estado só por uma temporada, foi uma recheada de títulos, com a Recopa, a Copa do Rei e a Supercopa da Espanha. Era uma temporada difícil, por ser a primeira pós-Cruyff, e o Barça optou por um treinador com a experiência de Robson, e acho que ele cumpriu muito bem as expectativas. Lembro também que foi difícil por causa das várias contratações daquele ano".

Como era ele como técnico?
"O Robson que conhecemos em Barcelona já era um técnico qualificado, que havia ganhado títulos. Tinha experiência e bagagem. Era muito respeitado a nível geral. Tinha as ideias muito claras, com conceitos de ataque e uma filosofia simples e de aproximação".

O que você aprendeu com ele, como treinador?
"Naquela época nem imaginava que seria treinador! A espontaneidade, a naturalidade... além de seus conhecimentos futebolísticos, de saber conduzir um grupo e se adaptar às exigências de um time grande, com diferentes circunstâncias. Lembro inclusive que, nos intervalos, pegava copos de plástico e esboçava a tática lá mesmo para que víssemos os movimentos. Era um homem com recursos, e de convívio muito fácil".

Como você acha que ele se sentiria ao ver um de seus jogadores dirigindo o FC Barcelona?
"Não acho que o consideraria uma surpresa. Ele foi um grande jogador. É normal que, tendo uma bagagem, muitos ex-jogadores se convertam em técnicos. Está incluído na maneira que ele tinha de ver o futebol, na forma que os jogadores  têm de ver, com paixão. Acho que poderia se refletir um pouco na maneira de interpretar o futebol".

O Robson dizia que o Luis Enrique foi um dos melhores jogadores que comandou no Barcelona. O que você acha disso?
"Com ele sempre tive uma boa relação. Comecei jogando na defensa e, ao passo que tinha oportunidades, marcava gols. E ele sempre falava muito bem de mim, o que eu agradecia, por ser meu primeiro ano no Barça, um ano muito importante".

Se você pudesse lhe fazer alguma pregunta agora, o que seria?
"Seriam muitas! Por que só uma? Muitas coisas sobre a interpretação do jogo. Tanto de sua época quanto de agora. Tenho certeza de que seria uma conversa muito boa e interessante para mim, e poderia aprender muito".


Luis Enrique recuerda a Bobby Robson por fcbarcelona
Voltar ao início