fcb.portal.reset.password
Luis Enrique, no último treino antes do duelo contra o Celta

Luis Enrique, no último treino antes do duelo contra o Celta / FOTO: MIGUEL RUIZ

Falta pouco para o fim da temporada e Luis Enrique acredita que todo cuidado é pouco nessa reta final. “Todos os jogos são importantes. A partir de agora, nenhum rival será fácil. O Celta é perigoso, joga bem e necessita pontos”, afirmou o técnico do Barça.

Luis Enrique volta ao Estádio Balaídos pela primeira vez após ter saído do clube galego para substituir Tata Martino no FC Barcelona. “Estou ansioso para voltar, sempre será um lugar especial para mim”, disse. “Treinar o Celta me trouxe muitas coisas positivas. Conheci um novo clube e jogadores especiais. Foi um bom ano para mim e para o clube”, acrescentou.

Messi, confirmado

O treinador culé acabou com qualquer especulação sobre o estado físico de Leo Messi. “Treinou todos os dias e está disponível para jogar. Não existe nenhuma dúvida”, declarou.

Luis Enrique reconheceu que o jogador tinha dores por culpa de um golpe anterior ao clássico contra o Real Madrid, mas que em nenhum momento pediu para que não jogasse com a seleção argentina. “Foi uma decisão dele e do técnico”, revelou. “Aqui, treinou sem problemas. Está recuperado”

Reta final

Outro tema abordado pelo treinador culé foi a possibilidade de chegar ao título da Liga Espanhola. “Não acredito que nenhum dos quatro times com mais chances de conseguir o título vençam todos os seus jogos até o final”, comentou.

Por último falou sobre o trabalho realizado e seus objetivos. “Quero que a equipe acabe a temporada melhor do que começou. Faz parte do processo de mudança do treinador. Mas para isso não há nenhuma fórmula mágica. É, simplesmente, trabalho”.

Berizzo: "Devemos ser valentes"

O técnico do Celta de Vigo, Eduardo 'Toto' Berizzo, admitiu sentir ansiedade diante da visita do FC Barcelona e confia em poder desafiar o time de Luis Enrique. "Sempre pensamos em jogar no ataque e amanhã será igual. Tentaremos manter a posse de bola porque desse modo você sofre menos diante de times como o Barça. Devemos ser valentes", declarou.

Voltar ao início