fcb.portal.reset.password

Leo Messi participou da homenagem ao amigo Deco / FOTO: FC PORTO

O Barça 2006 e o FC Porto 2004 homenagearam Deco no estádio do Dragão / FOTO: FC PORTO

O Estádio do Dragão, na cidade do Porto, foi o palco da homenagem ao 'mágico' Anderson Luis de Souza, mais conhecido como Deco. O ex-jogador do FC Barcelona e do FC Porto reuniu 50 mil pessoas no estádio português e uma longa lista de estrelas mundiais na partida comemorativa ao brasileiro nacionalizado português. 

Deco organizou uma partida entre o FC Porto 2004 e o FC Barcelona 2006 (o que ganhou a Liga dos Campeões em Paris) e o FC Porto 2004, que fez o mesmo em Gelsenkirchen. Nessas duas equipes estava Deco, que ganhou diversos títulos em ambos os clubes.

Grande presença culé

O FC Barcelona foi representado tanto no campo como nas arquibancadas. Leo Messi aproveitou os últimos dias de férias e não quis perder a festa em homenagem ao seu amigo. O craque argentino entrou durante o segundo tempo e marcou um gol no mesmo estádio que a sua estreia como profissional no dia 16 de novembro de 2003. O outro representante culé era o dirigente Pau Vilanova, que antes da partida entregou uma placa de presente a Deco.

O técnico azul-grená na ocasião foi o holandês Ten Cate, auxiliar de Rijkaard em 2006. O jogo contou com outros campeões da Europa daquele ano como Eto'o, Belletti, Giuly, Sylvinho, Oleguer e Gudjohsen, além de nomes como Davids.

Empate cheio de gols

O duelo finalizou com um empate em 4 a 4, mas o resultado foi o menos importante. O melhor foi o espetáculo oferecido por ambas as equipes para um grande público presente no estádio do Dragão. O meia Deco, que jogou um tempo com cada equipe, marcou um gol para cada lado. 

Deco, agradecido ao Barça

Após o jogo, Deco aproveitou para agradecer a colaboração do FC Barcelona na organização e se mostrou compreensivo com as ausências de Xavi e Iniesta: "Entendo que eles estão em um momento importante para a equipe e o Barça nos ajudou em tudo o que pedimos. O brasileiro nacionalizado português também teve palavras para Leo Messi. "Leo é o melhor da história do clube". Já sobre o novo Barça de Luis Enrique, afirmou. "Vejo um time forte e gostei da contratação de Luis Suárez, um atacante que luta, tem personalidade e marca gols."

Voltar ao início