fcb.portal.reset.password
Suárez, Rakitic e Neymar celebram o 1º gol do Barça na partida

Suárez, Rakitic e Neymar celebram o 1º gol do Barça na partida / MIGUEL RUIZ-FCB

O FC Barcelona derrotou o Granada neste sábado por 3 a 1, em jogo válido pela 25º rodada da Liga Espanhola e está novamente a um ponto do líder do competição, Real Madrid. O triunfo sobre o time andaluz veio principalmente graças uma tarde inspirada de Luis Suárez, que voltou a marcar e dar assistência. Além dele, Rakitic e Bravo tiveram uma excelente atuação no estádio Los Cármenes, em Granada.

Gol de Rakitic

O Barça sofreu em uma primeira parte onde foi superado por intensidade e agressividade pelos donos da casa. A equipe de Luis Enrique só conseguiu equilibrar a partida no minuto 15 e partir daí soube explorar com sabedoria a posse de bola com contra-ataques perigosos elaborados por um inspirado Rakitic. E em uma jogada rápida dessas, o Barça abriu o placar.

No minuto 25, Suárez recebeu um bom lançamento na área pela esquerda e chutou mal. O zagueiro cortou pior ainda e a bola sobrou limpa para Iván Rakitic marcar o seu quinto gol na temporada. Depois disso, o Barça alterou momentos de domínio com outros de perigo na defesa, principalmente com os potentes chutes de Márquez. Mas apesar dos culés terem ocasiões para ampliar e o Granada para empatar, ninguém conseguiu mudar o placar na etapa inicial.

Suárez decide

Os craques culés voltaram mais enérgicos para o segundo tempo. O gol de Suárez logo aos três minutos após uma tabela com Rakitic e um toque sutil na saída do goleiro dava mostras da nova intensidade do time azul-grená. O jogo também ganhou em emoção. Ainda mais quando o árbitro assinalou um pênalti para o Granada, que Fran Rico cobrou e diminuiu a vantagem.

Nessas alturas o Barça mandava no jogo, mas se mantinha atento aos perigosos ataques do time andaluz. E no minuto 70, Suárez definiu a partida com uma grande jogada. O uruguaio tabelou com Rakitic, invadiu a área, driblou o goleiro e tocou para Leo Messi marcar tranquilamente o 27º gol dele na Liga Espanhola. O argentino ainda teve chances de ampliar, mas a falta de pontaria e Olazábal impediram o camisa 10 azul-grená de aumentar sua conta de gola na temporada.

Voltar ao início