fcb.portal.reset.password

Pedro es lamenta a Getafe / FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB

Suárez. FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB.

O FC Barcelona interrompeu uma sequência de oito vitórias ao não conseguir superar a muralha defensiva montada pelo Getafe, neste sábado, no Coliseu Alfonso Pérez, em Getafe, válido pela 15ª rodada da Liga Espanhola. O empate sem gols deixa a equipe culé a quatro pontos do Real Madrid, líder da competição.

Bloqueio defensivo

Os primeiros 15 minutos do duelo em Getafe ficou marcado pelo equilíbrio entre ambas as equipes e a dificuldade para praticar um bom jogo devido ao estado ruim do gramado do Coliseu Alfonso Pérez. O Barça tinha o controle absoluto da partida, mas não mostrava acerto no último passe nas constantes ações ofensivas comandadas principalmente por um incansável Luis Suárez.

O próprio uruguaio perdeu a grande chance culé de abrir o placar ao mandar para fora um chute de Pedro que tinha caído nos pés dele. O Getafe não se importava com a posse de bola e se fechava na defesa. Entretanto, foi quem teve a ocasião mais clara na etapa inicial. No minuto 32, Lafita driblou Alves pela esquerda, invadiu a área e soltou a bomba, mas Claudio Bravo fez uma grande defesa.

Impotência no ataque

Pressionado pela vitória do Real Madrid na rodada, um triunfo em Getafe era uma missão obrigatória para o Barça. Desse modo, a equipe não economizou na intensidade no início do segundo tempo. Criou duas ocasiões logo de cara e ainda viu o travessão impedir um golaço de falta de Messi no minuto 51. O Getafe sobreviveu aos minutos de pressão, se organizou e passou a ameaçar nos contra-ataques.

Na reta final, o Barça se lançou sem pudores ao ataque, mas os craques culés se viam impotentes diante da fortaleza criada pelos donos da casa. O domínio sem gols agoniava o torcedor azul-grená que via os minutos passando sem nenhuma sensação de que a situação mudaria. Para completar, o sábado culé só não foi pior porque no último lance do jogo o Getafe desperdiçou uma boa chance de sair com os três pontos.

Alves: 200 jogos na Liga

Luis Enrique optou por utilizar a mesma equipe que venceu o Espanyol na última rodada da Liga, com exceção da entrada de Pedro no lugar de Neymar e de Mathieu no lugar de Mascherano no centro da zaga. Durante a partida, tentou com Iniesta, Munir e colocou Adriano no lugar de Dani Alves, que saiu de campo com dores no dia que completava 200 partidas pelo Barça na Liga Espanhola. 

Apesar do esforço de todos, desta vez a sorte não sorriu para os culés em uma tarde marcada pelo frio chuvoso em Getafe. Agora, o Barça terá a possibilidade de retomar a sua dinâmica vitoriosa em casa contra o Huesca, na próxima terça-feira, às 22h (19 de Brasília), em jogo válido pela volta dos 1/16 de final da Copa do Rei

Voltar ao início