fcb.portal.reset.password

Neymar Jr, Messi e Piqué, no Camp Nou / FOTO: Arquivo FCB

O FC Barcelona retoma neste sábado sua rotina competitiva, após duas semanas de pausa por causa dos compromissos de seleções. E o faz em grande estilo, tendo pela frente um rival tradicional e muito difícil, o Sevilla, que ocupa a quinta colocação na Liga, apenas três atrás da equipe culé. O jogo, pela 12ª rodada do torneio e previsto para as 17 horas (de Brasília) no Camp Nou, marcará também o início de um mês intenso – o time de Luis Enrique disputará nove partidas em 29 dias, só parando para as férias de fim de ano. Os confrontos serão válidos não apenas pela Liga, mas também pela Champions e a Copa do Rei.

A lista de 18 convocados, divulgada pelo técnico Luis Enrique nesta manhã, traz Mathieu e Rafinha, recuperados das suas lesões. Iniesta, ainda sem condições de jogo, Masip, Douglas, Vermaelen, Montoya e Mascherano ficaram de fora da relação.

Possível recorde histórico

Quem estará em campo também será Leo Messi, que está a um tento de igualar o recorde de Telmo Zarra, o maior artilheiro da história do campeonato espanhol (251 gols). O retrospecto contra o Sevilla favorece o argentino, que no certame marcou 18 vezes contra os andaluzes, sua terceira maior vítima. O craque terá a companhia de Luis Suárez que, embora ainda não tenha balançado as redes adversárias com a camisa azul-grená em partidas oficiais, já é o segundo melhor do time em assistências (três em quatro jogos).

Um forte Sevilla

Do outro lado, o Sevilla de Unai Emery promete complicar a vida dos donos da casa. Em quinto lugar na tabela com 23 pontos – apenas dois a menos que o Barça - , a equipe tem feito uma boa temporada, conquistando a admiração de Luis Enrique. "Eles se atrevem a pressionar os rivais na defesa e podem criar problemas no início do jogo", afirmou o técnico sobre os sevilhanos, na coletiva de sexta-feira. "Trabalham muito bem a estratégia e fazem transições rápidas com os jogadores das alas". Emery jamais venceu no Camp Nou, mas os anfitriões precisam ter muito cuidado.

O duelo também terá como destaque a volta ao gramado barcelonês de Gerard Deulofeu e Denis Suárez, atletas do FC Barcelona emprestados ao Sevilla nesta temporada. Já Fernando Navarro, que também já defendeu as cores do Barça e hoje milita ao lado de Deulofeu e Suárez, será ausência, por lesão.

Voltar ao início