fcb.portal.reset.password

Neymar e Messi, no jogo contra o Athletic Club. FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB.

O Barça estreia na Liga dos Campeões 2014/15, nesta quarta-feira no Camp Nou, contra o APOEL de Nicósia. O début vem em um bom momento, após os bons resultados obtidos e a ótima impressão inicial dada pela equipe na Liga. Líder no campeonato espanhol, o time azul-grená visa agora começar bem a Champions, em cuja primeira fase integra o mesmo grupo H do Paris Saint-Germain e do Ajax.

É sempre bom tomar cuidado com o relaxamento diante de um rival sem tradição europeia. Por isso, Luis Enrique tratou de convocar a torcida na coletiva de imprensa anterior ao embate, realizada na manhã de terça. "Precisamos da torcida, tentaremos fazer com que ela veja uma partida espetacular", afirmou.

Douglas, 1º vez na lista

O técnico Luis Enrique convocou 18 jogadores para o duelo desta noite. A grande novidade na lista é o regresso de Dani Alves, que recebeu alta médica nesta manhã, e também a primeira convocação do brasileiro Douglas.

Por outro lado, Montoya, Busquets, Pedro, Mascherano e Jordi Alba ficaram de fora, por decisão técnica. Vermealen segue em recuperação. Já Samper, Sandro e Munir, do Barça B, completaram a lista.

Retrospecto favorável

Tradicionalmente o Barça começa bem a Champions. Os culés não perdem na estreia desde a temporada 1997/98. Das oito últimas edições que disputou, sete tiveram ponto de partida no Camp Nou, com um ótimo retrospecto de seis vitórias e um empate.

O APOEL, por sua vez, se apresenta com muito pouco a perder e tudo a ganhar. A terceira agremiação cipriota a visitar Barcelona vem com uma armação muito fechada, para tentar dar poucas opções aos donos da casa. Uma estratégia já explorada, algumas vezes com certo sucesso, por equipes teoricamente modestas. Trata-se de um novo desafio, agora em âmbito europeu, para o grupo comandado por Luis Enrique.

Voltar ao início