fcb.portal.reset.password
Suárez e Messi comemoram o 6 a 1 no Camp Nou

Suárez e Messi comemoram o 6 a 1 no Camp Nou / VÍCTOR SALGADO-FCB

Há um ditado na Espanha que diz: “Na terceira chance, vem a recompensa”. Foi o que ocorreu com o FC Barcelona neste domingo, no Camp Nou. A equipe de Luis Enrique teve a sua terceira oportunidade na temporada para ser o líder da Liga Espanhola e, desta vez, não desperdiçou. Goleou o Rayo por 6 a 1 com direito a um hat-trick de Leo Messi e assumiu a liderança do campeonato.

Suárez abre o placar

O tridente ofensivo do Barça segue imparável. Sem poder contar com Neymar Jr, suspenso, Luis Enrique botou Pedro para ajudar Messi e Suárez nas tarefas ofensivas. Mas não precisava. A inspiração da dupla serviu para botar o time culé no lugar mais alto da tabela da Liga Espanhola.

O uruguaio inclusive foi o responsável por abrir o placar logo no minuto 5, após receber um passe de Xavi, invadir a área e definir com precisão na saída de Cristian. O próprio Suárez teve duas chances claras para ampliar na etapa inicial, mas desperdiçou ambas e o Barça foi para o intervalo com a vantagem mínima no placar.

Hat-trick de Messi

O Barça deslanchou logo no início da etapa final. Piqué aproveitou um rebote de uma jogada de escanteio e ampliou. Depois disso, começou o show de Messi. O camisa 10 do Barça marcou três gols em apenas 12 minutos. O primeiro foi de pênalti, no minuto 54, que contou com a expulsão de Tito na jogada. O argentino errou a cobrança e o árbitro mandou voltar. Na segunda chance, não teve jeito: FCB 3 a 0.

Pouco depois, linda jogada de Suárez na área. O uruguaio chutou, Cristian deu rebote e Messi apareceu sozinho para marcar. Por último, o craque argentino recebeu um lançamento, invadiu a área, driblou o goleiro e marcou o seu 41º gol na temporada, o 30º dele na Liga Espanhola, igualando-se a Cristiano Ronaldo na artilharia do campeonato. Além disso, foi o 32º hat-trick dele na carreira, o 24º na Liga, novo recorde

líder isolado

Com o duelo decidido, o Barça ofereceu espaços e com isso o Rayo aproveitou. Dani Alves cometeu pênalti e foi expulso. Alberto Bueno bateu e diminuiu. E no último minuto, Suárez, que tinha dado início à festa, foi o encarregado de fechar a goleada. O uruguaio recebeu um passe de Messi, driblou o goleiro e marcou o sexto do Barça na partida, o 13º dele na temporada e o sexto em quatro jogos.

Com o resultado, a equipe de Luis Enrique assumiu a liderança isolada da Liga Espanhola, com 62 pontos, um a mais que o Real Madrid, faltando 12 rodadas para o fim do campeonato.

Voltar ao início