fcb.portal.reset.password
Xavi, Rafinha e Suárez celebram um gols contra o Getafe

Xavi, Rafinha e Suárez celebram um gols contra o Getafe / MIGUEL RUIZ-FCB

O FC Barcelona goleou o Getafe por 6 a 0 nesta terça-feira, no Camp Nou e segue líder isolado da Liga Espanhola. Faltando apenas quatro rodadas para o fim do campeonato, a equipe de Luis Enrique mantém uma importante vantagem na luta pelo título da competição. Luis Suárez e Messi foram os protagonistas da noite, com dois golaços. Xavi e Neymar Jr. completaram a goleada.

45 minutos letais

Luis Enrique sabia da obrigação de conseguir os três pontos para não correr riscos na liderança do Campeonato Espanhol. Para essa tarefa, fez algumas mudanças. Na zaga, colocou Bartra no lugar de Piqué e Adriano substituiu Jordi Alba, suspenso. Na meia, saiu com Xavi e Rafinha ao lado de Busquets. A equipe assimilou bem as mudanças e deu um verdadeiro show em 45 minutos sensacionais.

Messi abriu o placar no minuto 8, cobrando um pênalti sofrido por Luis Suárez com um sangue frio de tirar o fôlego das arquibancadas. Logo, apareceu Suárez com um voleio espetacular de primeira após um lançamento de Messi. Na sequência, foi a vez de Neymar Jr. receber na área, driblar o zagueiro e ampliar com categoria.

Pouco depois, Xavi mandou um chute certeiro de fora da área e marcou o quarto do Barça. Por último, uma obra de arte. Messi tocou para Xavi que deu de calcanhar para Luis Suárez mandar outro chute de primeira no ângulo de Guaita e dar números finais a uma primeira parte inesquecível.

Pérola de Messi

No intervalo, Luis Enrique voltou a se preocupar com o físico dos seus atletas e colocou Sergi Roberto no lugar de Busquets. Em uma noite onde tudo dava certo, o ritmo não diminuiu e Messi voltou a ser letal logo no início do 2º tempo. O camisa 10 recebeu um passe de Suárez no lado direito da área, dominou e foi dando passos curtos diante de quatro zagueiros rivais. De repente, sem aviso prévio, mandou um chute preciso no ângulo direito de Guaita. Um golaço!

Depois disso, Xavi e Dani Alves foram substituídos por Pedro e Montoya, respectivamente, e saíram ovacionados pelo público presente no Camp Nou. Apesar da cômoda vantagem no placar, a intensidade e a ambição culé na partida impressionava. Messi, Suárez e Neymar buscavam sem trégua o gol adversário, que se defendia como podia de um Barça que se exibia em campo, com uma performance irresistível.

Mesmo sob artilharia pesada, os visitantes ainda conseguiram mandar uma bola na trave de Bravo. Uma miragem em um duelo que só teve um dono desde o início. O monólogo culé durou até o apito final. Fim de jogo e uma goleada de líder, com uma imagem que dará a volta ao mundo e que deixa a equipe de Luis Enrique mais próximo do objetivo de conquistar o título da Liga.

Voltar ao início