fcb.portal.reset.password
Os craques culés celebram o gol de Messi

Os craques culés celebram o gol de Messi / MIGUEL RUIZ-FCB

O FC Barcelona segue imparável. A equipe de Luis Enrique cumpriu o seu dever e venceu o Villarreal no Camp Nou por 3 a 1 nesta quarta-feira, em jogo válido pela ida das semifinais da Copa do Rei. Além de conseguir a sua 10ª vitória consecutiva em 2015, o Barça deu um grande passo na luta pela vaga na final da competição mais tradicional do futebol espanhol.

Passe de Suárez, gol de Messi

O primeiro tempo apresentado por Barça e Villarreal foi uma cópia do ocorrido entre ambas as equipes há 10 dias, no mesmo local, porém em jogo válido na ocasião pela Liga Espanhola. Os culés tiveram o controle da posse de bola e acuaram o rival na defesa. O Submarino Amarelo se defendia como dava e tentava explorar os contra-ataques, apesar das dificuldades em dar três passes seguidos.

Mas se na outra partida o Villarreal contou com a sorte de abrir o placar, desta vez a situação foi outra. O Barça viu sua pressão recompensada no minuto 40, através de uma jogada de garra de Suárez. O uruguaio acreditou em uma jogada, roubou a bola do rival, invadiu a área e rolou para Messi. O camisa 10 chutou de primeira para abrir o placar e marcar o seu 34º gol na temporada. Antes do intervalo, Ter Stegen ainda teve tempo para salvar o Barça em um chute de Vietto.

Golpe letal de Iniesta

O início do segundo tempo foi eletrizante. Com dois minutos, Trigueros arriscou um chute forte da intermediária e Ter Stegen, que tinha salvado o Barça no último lance da etapa inicial, errou feio e permitiu o empate rival. Mas o Villarreal nem teve tempo de comemorar. Dois minutos depois, Andrés Iniesta se aproveitou de um erro do zagueiro adversário e mandou de primeira para o fundo das redes de Asenjo.

O gol de Iniesta foi um duro golpe psicológico para o Submarino Amarelo e uma nova injeção de ânimo para a equipe de Luis Enrique, que se lançou em busca de uma vantagem mais ampla na eliminatória. O esforço deu resultado no minuto 64. O zagueiro Gerard Piqué aproveitou a boa cobrança de um escanteio pela direita, subiu mais alto que Musacchio e marcou o terceiro do Barça na partida e o quinto dele na temporada.

Pênalti desperdiçado

No minuto 70, o Barça teve a oportunidade de praticamente garantir a vaga na final da Copa do Rei. Musacchio botou a mão na bola na áera e o juiz marcou pênalti. Os 57.378 espectadores presentes ficaram na expectativa ao ver Neymar Jr ir para a cobrança no lugar de Messi. O brasileiro cobrou no canto esquerdo e Asenjo defendeu.

Apesar disso, o Barcelona não sofreu mais gols na partida e manteve o placar. Desse modo, os culés terão a vantagem do empate ou de poder perder por um gol de diferença no duelo da volta, em Villarreal, que ainda assim ficará a com a vaga na decisão da Copa do Rei 2014/15

Voltar ao início