fcb.portal.reset.password

Messi, després de marcar el 3-2 contra el Vila-real. FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB.

Barça e Villarreal fizeram uma partida quente na gélida noite deste domingo, no Camp Nou, em Barcelona. E no duelo entre as duas equipes mais em forma do futebol espanhol - válido pela 21ª rodada da Liga Espanhola - melhor para os culés.

A equipe de Luis Enrique venceu de virada com um golaço de Messi e conseguiu a sua oitava vitória consecutiva em 2015. Além disso, acabou com uma invencibilidade de 18 jogos do ‘Submarino Amarelo’, até então o visitante mais incômodo da temporada.

Neymar salva o castigo

Até o minuto 29, o Barça dominou a partida, pressionou e desperdiçou inúmeras ocasiões. Principalmente através de Luis Suárez, bastante ativo no ataque porém sem sorte nas finalizações. No único momento em que a equipe culé teve um descuido, veio o castigo. Após um contra-ataque do ‘Submarino Amarelo’, a zaga culé cortou duas vezes mal e em uma delas a bola caiu nos pés Mario. Ele chutou cruzado e Cheryshev desviou, enganando C. Bravo.

O gol não diminuiu o ímpeto a organização da equipe de Luis Enrique. Os craques culés seguiam buscando o gol e acuando o rival na defesa, mas pecava nas finalizações. Isso até o último lance da etapa inicial. Aí brilhou a estrela de Neymar Jr. O brasileiro aproveitou um rebote de Asenjo após um chute de Rafinha, marcou o 22º gol dele na temporada e deixou tudo igual.

Virada após novo susto

O duelo que já estava bom ficou ainda melhor no início do segundo tempo. A superioridade culé indicava que uma virada estava próxima. E ela veio, mas com muito sofrimento. Em 10 minutos de loucura, quem acabou marcando primeiro novamente foi o Villarreal. No minuto 50, Vietto só empurrou para as redes um cruzamento de Giovani dos Santos da direita, após um belo contra-ataque gerado por uma falha incrível de Piqué no meio de campo.

A resposta foi imediata. Dois minutos depois, Rafinha aproveitou um mal rebote da defesa e deixou tudo igual mais uma vez. Na sequência, veio a ‘cereja do bolo’. Suárez recebeu na entrada da área e rolou para Messi. O argentino dominou e mandou um chute certeiro com a perna direita no ângulo de Asenjo, garantindo a vitória culé e o 32º gol dele na temporada, 22 deles na Liga Espanhola.

Voltar ao início