fcb.portal.reset.password
Os craques culés celebram o 2 a 0 no Camp Nou

Os craques culés celebram o 2 a 0 no Camp Nou / VÍCTOR SALGADO-FCB

O FC Barcelona garantiu a vaga nas semifinais da Liga dos Campeões da Europa ao derrotar o PSG por 2 a 0 nesta terça-feira, no Camp Nou, com dois gols do brasileiro Neymar Jr. Desse modo, é a sétima vez em oito anos que o Barça se encontra entre as quatro melhores equipes da Europa. Um feito que encheu de orgulho os 84.477 torcedores presentes no estádio culé.

Show de Neymar

O FC Barcelona teve menos trabalho do que imaginava diante de um rival que em nenhum momento mostrou a garra necessária para reverter a sua complicada situação na eliminatória. Os craques culés controlavam a partida como queriam e o gol não demorou a sair. No minuto 13, Iniesta protagonizou uma boa arrancada e deu uma assistência perfeita para Neymar. O brasileiro driblou o goleiro Sirigu e abriu o placar.

O PSG não esboçava reação e a equipe de Luis Enrique fazia o que queria em campo. Após algumas tentativas pouco frutíferas, saiu o segundo. Daniel Alves fez um cruzamento perfeito da direita e Neymar subiu para cabecear bonito e ampliar o placar. Foi o 30º gol do brasileiro na temporada, o sexto na Champions league. Nesse momento, a vantagem global do Barça na eliminatória era de 5 a 1 e o ritmo da partida caiu drasticamente.

Dever cumprido

Ciente do dever cumprido, o técnico Luis Enrique decidiu cuidar dos seus jogadores para o clássico catalão do próximo sábado, contra o Espanyol, na Liga Espanhola. No intervalo, colocou Xavi no lugar de Iniesta. Pouco depois, trocou Busquets por Sergi Roberto. Por último, tirou Suárez para a entrada de Pedro e o resto foi esperar o apito final.

O PSG se animou na etapa final e, no minuto 54, Verratti desperdiçou uma chance incrível sozinho na área. Pouco mais tarde, foi a vez de Ibrahimovic assustar Ter Stegen com um forte disparo de fora da área. Por último, Lucas Moura que tinha entrado nos minutos finais, mandou nas nuvens a última esperança do PSG de marcar um gol no Camp Nou.

Voltar ao início