fcb.portal.reset.password

Messi, após desperdiçar uma chance clara de gol / FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB

O FC Barcelona teve uma dura surpresa neste sábado, no Camp Nou. A equipe do técnico Luis Enrique foi derrotada pelo Celta de Vigo por 1 a 0, diante da sua torcida, em jogo válido pela 10º rodada do Campeonato Espanhol 2014/15. O único gol da partida foi marcado por Larrivey, após uma bela assistência de calcanhar de Nolito

Pressão sem precisão

O Celta mostrou porque era o único invicto como visitante na atual Liga Espanhola. A equipe galega controlou o Barça nos primeiros minutos de jogo com uma organização defensiva impecável. O Barça tentava furar o bloqueio rival através de Luis Suárez e Neymar Jr, bastante ativos no ataque, mas a falta de precisão no último passe ou nas finalizações impedia um desfecho mais eficiente das jogadas.

Luis Enrique voltou a botar um meio de campo sem muito entrosamento e a conexão com o ataque foi pouco efetiva na primeira parte. As chances surgiam através de um inspirado Suárez. Em uma delas, o uruguaio deu uma genial assistência para Messi, mas o argentino desperdiçou a chance. Antes disso, Neymar já tinha mandado uma bola no travessão. Por outro lado, o Celta levava perigo nos contra-ataques, principalmente com Nolito. Mas apesar da grande movimentação, a etapa inicial acabou mesmo sem gols.

Um castigo histórico

Com a vitória do Real Madrid no duelo contra o Levante, o Barça sabia que só a vitória serviria para recuperar a liderança do campeonato. Desse modo, os culés saíram com toda a energia para a etapa final. Logo no primeiro minuto, Neymar recebeu um belo passe de Alba e mandou outra bola no travessão. Apesar do ímpeto culé, foi o Celta que golpeou primeiro. No minuto 54, Nolito mostrou garra contra a zaga culé e deu uma assistência de calcanhar para Larrivey abrir o placar.

Após o duro golpe, o Barça se lançou ao ataque com vontade, mas sem critério. A equipe dependia de jogadas individuais dos seus craques, mas eles sempre acabavam desarmados pela zaga galega ou pecavam nas finalizações. Luis Enrique tentou mudar o panorama colocando Xavi e Pedro nos lugares de Busquets e Rafinha, mas não teve jeito. A equipe culé sofreu a primeira derrota da sua história para o Celta no Camp Nou e perdeu também a liderança da Liga Espanhola.

Voltar ao início