fcb.portal.reset.password
Bravo, Masip e Ter Stegen, campeões da Europa em Berlim

Bravo, Masip e Ter Stegen, comemorando o título da Champions League, em Berlim / MIGUEL RUIZ-FCB

A temporada 2014/15 contou com muitas novidades no gol. Para substituir Víctor Valdés, José Manuel Pinto e Oier Olazábal, o Barça trouxe dois goleiros e profissionalizou outro das categorias de base: Claudio Bravo, Marc-André Ter Stegen e Jordi Masip. Abaixo, veja quais foram os 10 grandes momentos dos goleiros culés na temporada.

1. Juntos pela primeira vez na Inglaterra
Os três novos goleiros do Barça se encontraram pela primeira vez no 'stage' da pré-temporada que a equipe realizou no St. George 's Park (Birmingham). Bravo, Ter Stegen e Masip fizeram a primeira foto juntos em terras inglesas.


2. A estreia de Ter Stegen
Claudio Bravo sería escolhido como o goleiro titular da Liga Espanhola e Marc-André Ter Stegen foi o goleiro culé na Champions League e na Copa do Rei. O alemão fez a sua estreia no dia 17 de setembro de 2014, contra o APOEL. Uma boa defesa nos minutos finais permitiu ao Barça assegurar os três pontos (1-0).



3. Recorde de Bravo para começar
O chileno bateu um recorde culé na Liga Espanhola. Bravo permanceu 754 sem sofrer gols na competição. Cristiano Ronaldo foi quem marcou o primeiro gol contra o Barça na temporada, de pênalti, no clássico da nona rodada. 


4. A estreia de Masip na Copa
A estreia de Jordi Masip ocorreu no duelo da volta dos 1/16 de final da Copa do Rei, contra o Huesca, no Camp Nou. O Barça venceu por 8 a 1. 


5. Show de Bravo no Estádio Mestalla
Foi, sem dúvida, uma das suas melhores atuações na temporada. O Barça venceu por 1 a 0 no estádio do Valencia com um gol de Busquets, nos acréscimos. Antes disso, Bravo salvou a equipe culé em diversas ocasiões, como a defesa que fez após um disparo letal de Negredo.



6. O pênalti de Agüero

Ter Stegen foi crucial nas oitavas-de-final da Liga dos Campeões, contra o Manchester City. O Barça venceu o duelo da ida por 2 a 1 e na partida da volta,  no Camp Nou, vencia por 1 a 0 quando o rival teve um pênalti ao seu favor. O argentino Kun Agüero cobrou e o goleiro alemão fez uma grande defesa. 


7. Uma mão que vale uma Liga
O Barça conquistou a 23ª Liga Espanhola da sua história com uma vitória por 1 a 0 no estádio Vicente Calderón, no dia 17 de maior de 2015. No minuto 9, Claudio Bravo voou de forma espetacular e decisiva para evitar um gol de cabeça de Giménez. Mais tarde, Messi faria o gol do título. 


8. Bravo, o menos vazado
A última partida de Bravo na temporada foi contra o Atlético de Madrid. Em 37 jogos, sofreu apenas 19 gols, uma média de 0,51 por partida. Além disso, em 23 dos 37 jogos saiu invicto da partida, outro recorde.


9. Recompensa para Masip
A última partida da Liga Espanhola teve Jordi Masip como titular do FC Barcelona. Foi uma recompensa ao goleiro catalão pelo esforço e trabalho na temporada. O duelo contra o Deportivo no Camp Nou acabou empatado em 2 a 2.


10. Campeões europeus
A temporada do Barça finalizou com o 'Triplete' em Berlim. Com Ter Stegen no gol, o Barça derrotou a Juventus por 3 a 1. Após o título, o goleiro alemão seria eleito para o time ideal da UEFA.


El primer calentamiento de Claudio Bravo en la... por fcbarcelona


Así entrena Marc-André Ter Stegen con el FC... por fcbarcelona

Voltar ao início