fcb.portal.reset.password

Goleada com hat-trick de Messi em Riazor / FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB

Dominando o jogo do começo ao fim e sem dar chances ao Deportivo, o FC Barcelona manteve sua tradição de vitórias em La Coruña com uma convincente goleada por 4 a 0. Mais uma vez o nome do jogo foi Lionel Messi, que anotou novo hat-trick para sua coleção - o 30º com a camisa azul-grená - e infernizou a zaga adversária. O outro gol foi de Sidnei, contra.

Repetindo uma escalação pela primeira vez nesta edição da Liga, Luis Enrique apostou na formação que havia derrotado o Atlético de Madrid na semana passada, e os resultados começaram a aparecer logo de cara. Já aos 9 minutos Messi cabeceou após cruzamento de Rakitic e abriu o placar no estádio de Riazor.

Pressão

Sem deixar o Deportivo jogar, o Barça marcava bem e era ágil na distribuição de passes. Suárez quase fez o segundo aos 20, após lindo passe de Iniesta, e os donos da casa só ameaçaram pela primeira vez cinco minutos depois, com Cavaleiro. Aos 33, porém, Messi mostrou porque é considerado um fenômeno com um golaço, driblando zagueiro e tocando a bola por cima do goleiro galego.

A partida ficou mais aberta, com chances para ambos os lados – inclusive uma do ex-barcelonista Cuenca para o Depor. Iniesta, Rakitic e Neymar tramavam bem e tiravam o sono da defesa rival. O brasileiro exibia suas habilidades, realizando bonitos dribles.

Segundo tempo

O Barça administrou o total controle do jogo na etapa complementar, em um ritmo um pouco mais lento. Bravo teve trabalho em uma jogada acrobática de Domínguez aos 11, mas qualquer expectativa dos anfitriões cairia por terra logo em seguida com ele, Messi. Indomável, o argentino recebeu a bola na ponta direita, fintou um oponente e chutou de fora da área. Outro golaço e mais um hat-trick em sua carreira.

Com a vitória consolidada, Luis Enrique sacou Busquets, Iniesta e Neymar. Ainda houve tempo para o quarto gol, contra, marcado involuntariamente pelo zagueiro Sidnei, após cruzamento de Dani Alves. A goleada selou a boa participação da equipe culé no primeiro turno, do qual sai como segunda colocada (44 pontos, 1 a menos que o Real Madrid) e a defesa menos vazada (9 gols).

Voltar ao início