fcb.portal.reset.password

Dani Alves, durante a coletiva desta quarta-feira / MIGUEL RUIZ-FCB

Após renovar seu contrato por mais duas temporadas (com mais uma opcional), Dani Alves concedeu nesta quarta-feira uma entrevista coletiva, na qual explicou os motivos de sua permanência no clube pelo qual construiu sua trajetória vencedora.

"Eu escuto o meu coração, que me pedia para continuar", afirmou o lateral baiano. "Para mim, é muito importante fazer parte deste clube. Esta história é um livro que ainda tem muitas páginas por escrever. Nunca tinha visto um grupo com esta conexão, e isso me levou a tomar a decisão de permanecer". Ainda segundo Dani, "em um clube e na vida as coisas dão muitas voltas, e a situação deu um giro radical. Estou muito contente de poder continuar. Durante a celebração, estava muito emocionado por coisas que haviam passado no vestiário, e pela gente me pedir que não saísse, no final".

A seguir, outras declarações de destaque da entrevista, separadas por tópicos:

Luis Enrique

"O treinador apostou por mim quando as pessoas duvidavam. Me disse uma frase no começo do ano que me marcou: 'fica, porque disfrutaremos'. Agora, ele continuará, e me alegro muito. Ele trouxe de volta o clube ao lugar onde merece estar, nos trouxe de volta o entusiasmo, tem muito mérito ".

Messi

"Leo me disse para ficar, e que em nenhum outro lugar estaria melhor".

Aleix Vidal

"Serei mais exigido, gosto muito que as pessoas venham competir em nossa equipe. É um grande jogador, e não veio até aqui por casualidade. A coisa está clara, ou eu faço dele um melhor jogador, ou ele faz de mim um melhor jogador. Contribuiremos com coisas diferentes para o time".

Xavi

"Não aspiro a igualar Xavi [em número de partidas pelo Barça]. Nem quero fazê-lo, porque não conseguiria. Gosto de lutar pelos objetivos acessíveis, e me aposentar no Barça é uma possibilidade que não gostaria de enfrentar no futuro".


Alves: "Mi corazón me pedía seguir" por fcbarcelona
Voltar ao início