fcb.portal.reset.password

O time inicial do Brasil contra a Venezuela / CA2015.COM

A Seleção Brasileira fez os deveres de casa e estará nas quartas de final da Copa América do Chile. Mesmo sem Neymar Jr - que, suspenso, não participará mais do torneio -, o time de Dunga venceu a Venezuela por 2 a 1 no duelo decisivo do grupo C. Pela etapa eliminatória da competição, o próximo rival será o Paraguai, em confronto previsto para sábado às 18h30 (hora de Brasília).

Quase na totalidade da partida o Brasil manteve o domínio, mas no final teve que aguentar pressão. Dani Alves saiu jogando, atuou durante os 90 minutos e esteve bem tanto na defesa quanto em suas investidas no ataque. Thiago Silva e Firmino foram os autores dos gols tupiniquins, que ocorreram um em cada início de tempo.

Superioridade brasileira

Jogando de forma ofensiva e criativa, a Seleção abriu o marcador logo aos oito minutos, com golaço de Thiago Silva, completando de primeira um cruzamento de escanteio. Após o gol, a equipe verde-amarela deu as cartas do jogo, mas teve poucas oportunidades de gol, em geral em bolas paradas ou em jogadas de Robinho, o substituto de Neymar.

O goleiro venezuelano Baroja evitou o segundo em mais de uma ocasião, mas o placar foi ampliado no minuto 52, em trama de Willian pela esquerda que terminou em gol de Firmino. A partir de então, os brasileiros recuariam, dando mais espaço aos rivais, que descontaram com Miku no minuto 84.

Voltar ao início