fcb.portal.reset.password
Piqué celebra a vitória culé com o punho ao alto

Gerard Piqué foi um dos melhores em campo contra o Atlético / FOTO: Miguel Ruiz-FCB

  • Ter Stegen: O goleiro alemão ainda não sofreu nenhum gol nos quatro jogos que disputou na Copa do Rei. NO duelo contra o Atlético, não teve que fazer nenhuma defesa decisiva, mas demonstrou segurança nas jogadas que participou. Mais uma vez, ele mostrou um grande talento quando precisou jogar com os pés, inclusive fazendo passes de 40m tanto com pé direito como com o esquerdo.

  • Ambiente: Em uma das noites mais firas do ano no estádio culé, os 62.225 torcedores presentes fizeram subir a temperatura com os seus gritos de apoio. A torcida culé fez a sua parte, animando a equipe durante os 90 minutos. Além disso, deu todo o seu apoio a Luis Suárez após o uruguaio desperdiçar uma chance incrível de abrir o placar. Luis Enrique tinha comentado na coletiva prévia ao confronto que com a torcida o Barça fica mais forte. Contra o Atlético, isso ficou comprovado.
  • Piqué-Mascherano: A dupla de zaga teve uma grande atuação. Anularam Fernando Torres, Mandzukic e se anteciparam às jogadas velozes de Griezmann. Ambos jogaram concentrados e comandaram a saída de bola. Piqué foi decisivo ao cortar um contra-ataque de Torres e desviar um chute de Griezmann na hora certa no minuto 38, que poderia ter significado um duro golpe para o Barça na partida. 

  • Messi: Ser o melhor jogador do mundo faz que Leo Messi seja decisivo em todas as partidas. Os 383 gols oficias que soma com o Barça dão fé disso. No clássico desta quarta-feira, não foi diferente. As jogadas mais perigosas foram dele. Assumiu a responsabilidade e voltou a marcar. O gol foi sofrido mas garantiu a vantagem culé na eliminatória.  

  • Rakitic-Iniesta: Luis Enrique substituiu Iniesta e Rakitic na reta final da partida e ambos saíram ovacionados pelo torcedor culé presente no Camp Nou. Os dois meias culés fizeram uma partida completa, lutando e roubando bolas no meio de campo e inciando as ações de ataque. Além disso, Iniesta (que foi capitão), ofereceu ao torcedor do Barça algumas das suas jogadas marca da casa.

Voltar ao início