fcb.portal.reset.password

Sergio Busquets, em recente viagem do Barça / FOTO: MIGUEL RUIZ - FCB

Sergio Busquets e Martín Montoya concederam entrevista coletiva no hotel Kämp logo após a chegada da delegação do FC Barcelona a Helsinki. "Estou contente, muito orgulhoso pelo que significa", afirmou o volante, em alusão à sua recente eleição como um dos quatro capitães da equipe. "Aprendi muito com Puyol e Valdés e quero continuar aprendendo com os que estão agora", acrescentou, se referindo aos outros três escolhidos na votação dos jogadores: Xavi, Iniesta e Messi.

Para Busquets, que admitiu "nunca haver imaginado" antes receber a função, um capitão "não faz apenas o sorteio de campo, mas também deve estar atento a tudo, ser um bom companheiro, ter responsabilidades e vigiar tudo".  Estou contente, muito orgulhoso pelo que significa. prendi muito com Puyol e Valdés e quero continuar aprendendo com os que estão agora

Montoya, por sua vez, elogiou Luis Enrique, que já havia sido seu técnico no Barça B. "Creio que é o treinador ideal. Como jogador tinha garra e caráter, se sacrificava, e ainda passa isso. Tem personalidade, ambição e vontade de continuar ganhando títulos ", afirmou.

Ainda de acordo com o lateral direito, "taticamente, estamos fazendo coisas parecidas a anos anteriores. Os laterais vão mais para frente e os atacantes ao centro, e talvez sejamos mais profundos este ano".Para mim, Alves foi e é o melhor lateral direito do mundo, com quem continuarei a competi e aprender

Montoya aproveitou para falar bem de seu colega de posição, Daniel Alves: “para mim, ele foi e é o melhor lateral direito do mundo, com quem continuarei a competi e aprender”.

Voltar ao início