fcb.portal.reset.password
Messi celebra seu gol contra o Apoel.

Gol de Messi contra o APOEL. FOTO: Miguel Ruiz-FCB.

O FC Barcelona fez história nesta terça-feira, no GSP Stadium, na cidade de Nicósia. A equipe de Luis Enrique venceu o APOEL por 4 a 0 e conseguiu a sua primeira vitória no Chipre, em jogo válido pela 5ª rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa. Além disso, o resultado contou o primeiro gol oficial de Luis Suárez com a camisa culé e um novo recorde de Messi.

Gol de Suárez e show de Messi

O Barça iniciou a partida com força total. Logo no minuto 2, Messi mandou o primeiro aviso. Invadiu a área e, sozinho, viu seu disparo ser bloqueado pelo goleiro Urko Pardo. O controle culé só aumentava e a iniciativa ofensiva era contínua. Tanto trabalho acabou recompensado no minuto 26. Luis Suárez recebeu a bola, deu um belo drible de costas no zagueiro rival e tocou na saída do goleiro, marcando o seu primeiro gol como jogador azul-grená.

Pouco depois, ocorreu o que toda a torcida culé esperava. No minuto 37, Messi desviou a trajetória de um chute de Rafinha e marcou o seu 72º gol na Champions League, superando o recorde de Raúl González (71) como o maior artilheiro da história da competição.

Um camisa 10 lendário

Não satisfeito com superar o recorde Zarra como o maior artilheiro da Liga Espanhola no último sábado, Messi queria mais. Entrou em campo no Chipre com 71 gols, igualado com Raúl González na artilharia histórica da melhor competição de clubes do planeta. Uma igualdade que ele fulminou ainda nos primeiros 45 minutos. Na etapa final, confirmou que a história fez justiça.

O argentino marcou mais dois e deixou a sua nova marca em 74 gols. Primeiro, após aproveitar assistência perfeita na área de Daniel Alves. Depois, empurrando para redes outro passe perfeito, desta vez de Pedro. O futebol mundial viu o camisa 10 se transformar novamente em história viva desse esporte. O fato de ter marcado um hat-trick com a sua perna ‘ruim’ foi apenas um detalhe.

Decisão no Camp Nou

Apesar da goleada obtida no Chipre, o Barça segue na segunda posição do Grupo F da Liga dos Campeões da Europa, com 12 pontos. Um a menos que o rival na briga pela liderança, PSG, que venceu o seu duelo em casa contra o Ajax por 3 a 1. Desse modo, só uma vitória contra os franceses na última rodada da fase de grupos (dia 10 de dezembro), no Camp Nou, garantirá a vaga nas oitavas-de-final como líder.

Voltar ao início