fcb.portal.reset.password

Os craques culés celebram um dos gols de Messi em Amsterdã / FOTO: Miguel Ruiz-FCB

O FC Barcelona conseguiu se recuperar das duas derrotas consecutivas sofridas recentemente com um importante triunfo sobre o Ajax, por 2 a 0, no Amsterdam Arena da capital holandesa. Os dois gols da partida foram marcados por Leo Messi que igualou o recorde de Raúl González e garantiu a vaga da equipe de Luis Enrique na seguinte fase da competição.

Messi mostra o caminho

A equipe de Luis Enrique teve um atuação irregular no primeiro tempo, onde em nenhum momento teve o controle do duelo. Em um início equilibrado, dominado pela marcação de ambos os lados, Neymar Jr conseguiu marcar, mas o árbitro anulou alegando impedimento de Jordi Alba, na jogada anterior.

Após isso, o Barça foi perdendo aos poucos o controle da partida ao Ajax, que durante dez minutos manteve os culés contra as cordas. Mas o time catalão sobreviveu à pressão rival e voltou ao ataque. E justamente nesse momento de recuperação, apareceu Leo Messi. Bartra se antecipou ao goleiro rival e deu um passe para o argentino marcar de cabeça e garantir a vantagem no primeiro tempo.

Mesma equipe, outra atitude

Os jogadores culés que entraram em campo na etapa final eram os mesmos da primeira. Porém, a atitude era outra. Atento no meio de campo e sólido na defesa, o time de Luis Enrique conseguiu coordenar melhor as ações ofensivas. Desse modo, acuou o rival desde o início e silenciou as arquibancadas do estádio holandês. A situação do Ajax piorou ainda mais quando Veltman fez falta em Messi, recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

Com um jogador a mais no gramado, o Barça reinava absoluto no Asmterdam Arena e, no minuto 75, veio a tranquilidade completa. Pedro, que tinha acabado de entrar no lugar de Neymar, recebeu uma bola de Messi na esquerda e cruzou para o próprio argentino ampliar. Depois disso, o Barça contou com diversas chances de gol, mas o placar já não se alterou. Desse modo, após 18 anos, o clube catalão volta a vencer na Holanda.

Recorde e classificação

Com os dois gols desta noite, Leo Messi atingiu os 71 na Liga dos Campeões e igualou o recorde de Raúl González, como o maior artilheiro da história da competição. Além disso, garantiu a vaga do Barça nas oitavas-de-final do campeonato, faltando ainda decidir nas duas rodadas finais se será como primeiro ou segundo do Grupo F.

Voltar ao início