fcb.portal.reset.password

Adriano, durante a coletiva desta quarta-feira / FOTO: Miguel Ruiz-FCB

Adriano Correia foi o protagonista da coletiva realizada nesta quarta-feira na Cidade Esportiva Joan Gamper. O jogador brasileiro, que sofreu uma arritmia cardíaca há algumas semanas que lhe obrigou a passar mais de um mês em recuperação, comentou o assunto. "Me assustei quando detectaram os problemas cardíacos. Passam muitas coisas pela tua cabeça", disse, antes de completar em um tom tranquilo. "Sabia que estava em boas mãos. Tenho fé e cada dia penso menos nisso. Estou bem, treinando ao 100% e com muita vontade de começar e desfrutar."

Neste ano temos vontade de fazer o que melhor sabemos fazer, que é jogar futebol

Com respeito ao novo técnico, declarou: "Com Luis Enrique a filosofia muda bastante. Tem muita personalidade e isso é bom para nós". A chegada do novo treinador representou uma série de mudanças na preparação física do elenco, um fator que Adriano considera determinante na hora de enfrentar o início do novo curso oficial com chances de poder lutar por todos os títulos. "As mudanças notadas foram no estilo do treinador. está sempre pendente de você, te exige mais e te dá confiança. Além disso, conhece muito bem o clube e isso também é algo positivo."

O lateral brasileiro destacou o que para ele foi fundamental na pré-temporada. "Neste ano começamos bem. Os treinos se concentram na prática das transições mais rápidas e isso vai melhorar a equipe", afirmou. "Neste ano temos vontade de fazer o que melhor sabemos fazer, que é jogar futebol. A exigência física pedida pelo técnico é outro fator positivo", explicou. Outro tem abordado foi a forte concorrência existente na equipe, onde cada posição tem pelo menos dois excelentes jogadores. "É algo importante para o time e nos obriga a estar sempre atentos e em forma". 

Desejo de seguir no Barça

Adriano analisou a chegada ao Barça do seu compatriota Douglas Pereira. "É um grande jogador, tem muita qualidade. Não foi uma surpresa para mim a sua contratação, já que é um bom reforço. Mas vai precisar de um período de adaptação". Para completar, o lateral culé assegurou que recebeu ofertas de outros clubes no último mercado do verão europeu. "Tive ofertas, mas sempre deixei claro que queria seguir no FC Barcelona", garantiu, satisfeito. 

Voltar ao início