fcb.portal.reset.password
Messi em ação contra o Paraguai, na semifinal

Messi em ação contra o Paraguai, na semifinal / AFA.ORG.AR

A Argentina de Leo Messi e Javier Mascherano é a outra finalista da Copa América 2015. Após o Chile de Claudio Bravo conseguir a vaga, foi a vez dos argentinos garantirem a classificação nesta terça-feira com um goleada contundente por 6 a 1 sobre o Paraguai.

A equipe comandada por Tata Martino teve uma atuação estelar, principalmente no segundo tempo, com Pastore, Di Maria e Messi como os grandes protagonistas da noite. Agora, a Argentina volta a ter um oportunidade de conquistar um título que não vence há 22 anos.

Show de gols

Os gols que faltaram para a Argentina contra o Colômbia, sobraram contra o Paraguai. O primeiro veio com Rojo, após um cruzamento de Messi da esquerda. O segundo foi obra de Pastore, após uma grande assistência do camisa 10 do Barça e da seleção argentina.

O Paraguai tentou reagir e diminuiu Lucas Barrios, mas foi mais por falha da argentino que por mérito paraguaio. O segundo tempo confirmou isso. A Argentina massacrou o rival sem dificuldades. Di Maria marcou dois gols logo de cara. Na sequência, Agüero ampliou e, nos minutos finais, Higuaín fechou a goleada.

Messi: “Estamos motivados”

Apesar de não marcar nenhum gol, Leo Messi foi eleito o melhor jogador na vitória sobre o Paraguai. “Espero poder marcar na final. Mas se a equipe ganha, isso é o menos importante”, disse após a partida.

Sobre o desempenho da equipe na competição, afirmou: “Creio que estamos demonstrando desde o primeiro jogo o que queremos fazer, que é jogar e ser diferente ao resto das equipes”. Por último, explicou a sensação de chegar à final contra os donos da casa. “Será um duelo equilibrado. Chile é uma seleção com grandes talentos individuais, mas estamos muito motivados”.

Voltar ao início