fcb.portal.reset.password

Rivaldo, com a Bola de Ouro no Camp Nou / FOTO: Arquivo FCB

Há exatos 17 anos, Vítor Borba Ferreira Gomes - mais conhecido como Rivaldo - fazia a sua estreia com a camisa do FC Barcelona. Foi justamente em um Troféu Joan Gamper de 1997, contra a Sampdoria, em um duelo que acabou empatado em 2 a 2.

Entre 1997 e 2002, período que vestiu a camisa culé, o meia brasileiro se converteu em um verdadeiro 'Rei da Catalunha' e fez o torcedor do Barça esquecer o seu compatriota Ronaldo. Com uma perna esquerda mágica, ele mostrou ao Camp Nou um técnica individual inesquecível. Dribles desconcertantes, disparos potentes e uma sensacional precisão nas cobranças de faltas e pênaltis.

Melhor do mundo em 1999

Rivaldo não era um centroavante nato, mas jogava muitas vezes no ataque, pelo lado esquerdo. Durante o período que vestiu a camisa do FC Barcelona, deixou um registro goleador invejável: 136 gols em 253 partidas. Era um jogador sério e discreto, daqueles que preferem falar dentro de campo. Sua enorme qualidade foi reconhecida mundialmente em 1999, quando foi eleito o ganhador da 'Bola de Ouro'. 

O extraordinário jogador brasileiro realizou atuações memoráveis com a camisa azul-grená. O 'hat-trick' no San Siro ou os dois gols (um deles anulado injustamente) no Bernabéu na temporada 2000/01, são alguns exemplos. E ninguém jamais esquecerá o espetacular gol de bicicleta contra o Valência, de fora da área, que classificou o Barça para a Champions League. Esse gol foi eleito o mais bonito da história do Barça em uma votação feita há alguns anos pelo jornal catalão Mundo Deportivo.

Principais títulos

Como culé, Rivaldo ganhou duas Ligas Espanholas, uma Copa do Rei e uma Supercopa da Europa. Também foi campeão do mundo com a Seleção Brasileira em 2002. Uma qualidade fora do comum que você não pode deixar de comprovar nos vídeos abaixo.

  • LENDAS DO BARÇA: Um craque chamado Rivaldo - 1ª Parte


  • LENDAS DO BARÇA: Um craque chamado Rivaldo - 2ª Parte

Voltar ao início