fcb.portal.reset.password
Xavi, durante a coletiva desta segunda-feira.

Xavi, durante a coletiva desta segunda-feira. FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB.

A dois dias do duelo decisivo pela volta das quartas-de-final da Champions League contra o Atlético de Madrid, no estádio Vicente Calderón, Xavi Hernández - um dos peso-pesados do vestiário culé - compareceu diante dos meios de comunicação para explicar como será o mais recente desafio do FC Barcelona. "Esperamos sair na frente do placar para ver como eles reagem. Essa situação ainda não ocorreu nos quatro jogos que tivemos anteriormente na temporada", indicou. El Atlético não deixa espaços, é difícil criar ocasiões contra eles. Devemos dar sequência ao nosso jogo e fazer a bola circular com rapidez

O meia do Barça deixou claro que ele e os seus companheiros sabem o que encontrarão pela frente. "O Atlético não deixa espaços, é difícil criar ocasiões contra eles. Devemos dar sequência no jogo e fazer a bola circular com velocidade. Sem dúvida, é uma partida muito complicada", destacou. "Tudo depende de nós mesmos. Temos que vencer e isso é bom porque somos uma equipe feita para atacar, apesar do fato que enfrentaremos um rival que possui um estilo contrário ao nosso", acrescentou. 

Semana transcendental

O compromisso desta quarta-feira é o primeiro de um calendário exigente nessa reta final de temporada. "Será um cara ou coroa. Um dos dois sairá triste após o confronto. É uma semana decisiva já que o duelo contra o Granada também será complicado e logo vem a final da Copa do Rei, contra o Real Madrid", ressaltou. 

Por outro lado, Xavi Hernández se manifestou de forma contundente contra a punição imposta pela FIFA ao FC Barcelona. "Todos os jogadores e funcionários do clube viram a punição como abusiva e injusta. A Masia realiza uma função absolutamente correta e tentaremos defendê-la ao máximo", afirmou. 

Voltar ao início