fcb.portal.reset.password

Iniesta, durante um duelo contra o Villarreal. / FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB.

O FC Barcelona viveu um dos golpes mais duros nos eus mais de 100 anos de história com o falecimento de Tito Vilanova, que deveria ser o técnico do clube na atual temporada. O grande estrategista que comandou a equipe culé na temporada passada e conquistou a Liga Espanhola com 100 pontos na tabela, um recorde ma história da competição. O auxiliar-técnico de Pep Guardiola na etapa histórica entre 2008 e 2012. 

Seus eternos jogadores voltam a decidir nesta noite o futuro do Barça na Liga Espanhola contra o Villarreal, às 16h (de Brasília), no estádio El Madrigal, em Villarreal. Apesar do momento complicado, a equipe sabe que está obrigada a vencer para seguir na perseguição aos rivais Real Madrid e Atlético. Como diria o próprio Tito Vilanova, hoje mais do que nunca: "Cabeça, coração e coragem". 

18 convocados

A comissão-técnica convocou um total de 18 jogadores para esta partida. O FC Barcelona regressa a Villarreal com a presença certa de Sergio Busquets, que cumpriu suspensão automática na última rodada. Em compensação, o capitão Carles Puyol volta a ser desfalque por seguir com dores no joelho direito. Tata Martino também não poderá contar com Valdés, Piqué, Alba, Jonathan dos Santos, Neymar e Cuenca. 

Por outro lado, o Villarreal já tem presença quase assegurada na Europa League do ano que vem. Ocupa a sétima posição na tabela, a última que dá acesso à competição europeia. A principal dúvida do técnico Marcelino García Toral é sobre o possível desfalque de Uche, uma das suas principais referências ofensivas. 

Voltar ao início