fcb.portal.reset.password
L'equip, celebrant el tercer gol a Vila-real.

Os jogadores celebram o terceiro gol em Villarreal. FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB.

Cabeça, coração e coragem. O FC Barcelona utilizou o lema do técnico Tito Vilanova para conseguir uma virada histórica em Villarreal. Sem perder a calma, com perseverança e valentia, a equipe de Tata Martino conseguiu três gols (dois deles, contra) em apenas 18 minutos e garantiu uma sensacional vitória por 3 a 2 sobre o Villarreal, no estádio El Madrigal.

Dificuldades ofensivas

Foi uma primeira parte movimentada, mas com poucas ocasiões criadas pelo FC Barcelona e um final inesperado. A equipe de Tata Martino dominou completamente o rival, se manteve no ataque, mas como outras vezes na temporada voltou a ter dificuldades diante de uma defesa organizada e de um rival que jogava sem nenhum pudor no contra-ataque.

O Barça pressionava pela direita com Daniel Alves e Alexis, pela esquerda com Pedro e Iniesta, pelo meio com Messi, mas nenhum deles conseguia encontrar o espaço necessário para abrir o placar.

Um castigo injusto

O FC Barcelona chegou a ter 80% da posse de bola na etapa inicial, mas não conseguiu transformar esse domínio em ocasiões de gol. Apesar disso, manteve o adversário controlado até o final da primeira parte e quando tudo parecia indicar que o duelo chegaria ao intervalo sem gol, veio o castigo.

Primeiro foi o aviso de Aquino. No minuto 44, ele teve uma oportunidade clara, sem goleiro, mas viu o zagueiro Bartra salvar milagrosamente. Mas na jogada seguinte não teve jeito. Belo cruzamento de J. Pereira pela esquerda e Cani pegou de primeira para abrir o placar. Fim do primeiro tempo.

Trigueros amplia

O início do segundo tempo foi uma cópia do primeiro. Pressão e domínio do Barça, mas inoperência ofensiva. Mas quando dava a impressão que chegaria o empate, veio o segundo do Villarreal. Grande jogada de Aquino pela direita, que cruza para o meio da área. Trigueros chega em alta velocidade, livre e cabeceia para o fundo das redes. Um golaço. Villarreal 2-0.

Três gols em 18 minutos

Os jogadores culés não baixaram os braços após o segundo gol do Villarreal e seguiram no ataque, com paciência. E conseguiu uma virada sensacional em apenas 18 minutos, com dois gols contra. Primeiro, num chute de Alves de desviou em Gabriel e entrou. Depois, o mesmo Alves cruza, Musacchio tenta cortar e manda para as redes.

Sem dar tempo de respirar, no minuto 82 Busquets levantou na área, Cesc tocou de cabeça e Messi mandou para o fundo das redes, com dedicatória a Tito Vilanova, que de algum modo deve ter interferido nesse resultado. Um vitória que mantém o Barça na luta pelo título da Liga Espanhola.

Voltar ao início