Valdés during a press conference

Víctor Valdés, numa visita a Barça TV. FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB.

"Messi é o melhor. Para mim, Messi é Deus, por tudo o que fez por essa equipe e pelo que me proporcionou como companheiro", declarou Valdés num ato celebrado nesta terça-feira na prefeitura de Gavà. Com um humor irônico, acrescentou. "Também porque me deu bastante trabalho nos treinamentos, não é fácil".

Chutes longos

Questionado sobre o atual estilo de jogo, com algumas inovações com relação aos anos anteriores, Valdés comentou: "Vindo de um nivel futebolístico excelente, entendo que seja complicado para o torcedor aceitar algum 'chutão' da nossa parte. Só que os rivais conheciam cada vez mais o nosso modo de jogar e era mais fácil analisar o nosso estilo. Acredito que melhoramos nesse aspecto".

Também afirmou que o mais importante "é sair com os três pontos" e que "é muito melhor se podemos fazer isso sem sofrer gols".

Aposta pelos 'pratas da casa'

Valdés também reconheceu que gostaria que o seu sucessor fosse algum membro das categorias de base do clube. O nome de Jordi Masip foi lembrado. "Como eu também me formei no Barça, gostaria que outro jogador da casa tenha a oportunidade que eu tive. Sei que é difícil e que o futebol evoluiu, mas sempre direi que temos que jogar com os da casa", concluiu.