fcb.portal.reset.password

Yayá Touré (2008/09). FOTO: MIGUEL RUIZ-FCB.

Yayá Touré regressará nesta quarta-feira ao Camp Nou, três temporadas e meia após a sua última partida como culé. Curiosamente, um duelo contra o Valladolid, que garantiu o título da Liga Espanhola na temporada 2009/120. O jogador da Costa do Marfim, umas das principais referências do Manchester City, jogou no Barça entre 2007 e 2010 e conquistou duas Ligas, uma Champions, uma Copa do Rei, um Mundial de Clubes, uma Supercopa da Europa e uma Supercopa da Espanha.

O Barça já conta com uma lista de exemplos de ex-jogadores que voltaram ao seu estádio nos últimos anos. Em 2009, Samuel Eto'o visitou o templo barcelonista pouco tempo depois de ter sido campeão da Champions League em Roma pelo Barça. Regressou como jogador da Internazionale de Milão e recebeu uma grande homenagem do público.

Um ano depois, no Troféu Joan Gamper, foi a vez de Ronaldinho Gaúcho vir ao Camp Nou como rival. O craque brasileiro jogava no Milan e também foi aplaudido de pé pelos torcedores do Barça. Já em 2012, quem regressou ao estádio culé foi Zlatan Ibrahimovic, também com a camisa do Milan, numa partida válida pelas quartas-de-final da Champions League. Nesse dia, Maxi López disputou alguns minutos pela equipe italiana. .



Outro ex-jogador culé que voltou a sua antiga casa vestindo a camisa do Milan foi Bojan Krkic. Era o dia 12 de março de 2013, quando o Barça conseguiu um inesquecível 4 a 0 contra os italianos pelas quartas-de-final da Champions League. Bojan jogou os últimos 15 minutos daquela partida. 

O último exemplo recente nesse contexto foi David Villa. O goleador espanhol, agora no Atlético de Madrid, visitou o estádio do Barça no duelo de volta da Supercopa da Espanha. Mas como todos os outros, se despediu sem conseguir vencer o FC Barcelona.

Voltar ao início