fcb.portal.reset.password
Tata Martino durante a coletiva desta quarta-feira.

Tata Martino durante a coletiva desta quarta-feira./ FOTO: MIGUEL RUIZ - FCB

Tata Martino quer evitar qualquer possível surpresa no Coliseum Alfonso Pérez e prepara a partida contra o Getafe sem pensar na vantagem de 4 a 0 obtida no jogo de ida no Camp Nou. "Essa equipe nunca jogou se escorando no resultado anterior. Vamos jogar como se a eliminatória estivesse 0 a 0", explicou na coletiva desta quarta-feira. 

Perguntaram ao técnico argentino se ele toma como exemplo as semifinais da Copa de 2007, quando o Barça venceu o jogo de ida por 5 a 2 no Camp Nou e logo perdeu para Getafe na volta por 4 a 0 e caiu eliminado. "Mesmo se não existisse este antecedente, o futebol está cheio de surpresas e temos que evitá-las". 

O treinador do Barça reconheceu que acha positivo o fato de existir um debate sobre a qualidade do jogo do Barça. "A vitória não dá nenhuma garantia de imunidade. Quando existem críticas podem ser lógicas e quando há elogios é porque estamos fazendo um bom trabalho", reconheceu. 

Sobre a partida no estádio Vicente Calderón, Tata Martino se mostrou satisfeito com a atuação dos seus jogadores. "Gostei da forma como competimos. Teremos jogos muito intensos, decisivos, nos quais será difícil expressar o nosso jogo". 

"A renovação de Bartra é fundamental"

Uma das notícias do dia foi a renovação do jovem zagueiro Marc Bartra, no dia que completava 23 anos. "É uma notícia muito boa. Ele, Iniesta, Busquets, entre outros, são jogadores que ainda tem muito que oferecer ao Barça. Bartra é jogador muito jovem que começa a se consolidar no time principal", declarou.

"É um jogador com qualidades futebolísticas, que tem vontade de triunfar com a camiseta do Barça e que está aprendendo com Puyol, Piqué e Mascherano. É fundamental que o Barça mantenha esse atleta por mais tempo. Vejo como boa notícias para os barcelonistas", completou 

También houve tempo para falar sobre a Bola de Ouro. O técnico do Barça parabenizou Cristiano Ronaldo pelo prêmio, mas deixou as coisas claras. "Felicito a Cristiano Ronaldo, é um prêmio importante. Mas o melhor jogador do mundo é um e nós temos aqui e melhor jogador do ano, é outro".


Voltar ao início