fcb.portal.reset.password

LOngas filas para chegar ao espaço para condolências para Tito Vilanova / FOTO: VÍCTOR SALGADO - FCB

FOTO: MIGUEL RUIZ - FCB

Muitos culés foram ao Camp Nou para se despedir de Tito Vilanova / FOTO: MIGUEL RUIZ - FCB

Um silencio respeituoso, só interrompido pelas notas de música clássica que soavam de fundo e o ruído metálico das câmeras fotográficas, acompanhou o momento em que o presidente do FC Barcelona, Josep Maria Bartomeu, o vice-presidente esportivo, Jordi Mestre, os capitães Carles Puyol, Xavi Hernández, Victor Valdés e Andrés Iniesta, o Diretor Esportivo, Andoni Zubizarreta, o técnico Tata Martino e o resto de jogadores e dirigentes entraram no espaço reservado para render a última homenagem a Tito Vilanova.

Momentos depois, seguindo a mesma ordem protocolária, assinaram os livros disponibilizados na arquibancada principal do Camp Nou. Todos deixaram a sua mensagem para Tito Vilanova, escritas com o coração. Demonstraram a importância que teve a presença dele na vida de todos e o muito que aprenderam com ele. Deixaram a certeza de que será sempre lembrado no futuro.

A tristeza dos jogadores

Jogadores e dirigentes estavam visivelmente afetados, especialmente o Diretor Esporivo Andoni Zubizarreta. Foi ele quem confiou em Tito Vilanova e lhe deu a oportunidade de treinar o elenco principal do FC Barcelona. Durante alguns minutos, todos mantiveram um triste silêncio diante de uma fotografía de Tito, de tamanho real, pensativo ao lado do campo. Era fácil imaginar Tito observando o jogo, o movimiento da bola, analizando os rivais…o que fez muitas vezes ao longo da sua vida.

“É um momento complicado para todo o mundo do futebol, para os jogadores, para as pessoas que conheciam Tito. É um momento difícil, desde aqui enviamos força e apoio à família e amigos. Perdemos uma pessoa íntegra, exemplar e é um duro golpe. Estamos tristes, levamos dois anos e meio lutando. Foi um exemplo para todos nós, lutou até o último dia”, declarou o capitão Carles Puyol em nome da equipe.

Bartomeu: "São dias de reflexão"

Um total de 9.880 visitantes anônimos, sócios e torcedores compareceram no Camp Nou até às 17h deste sábado (12h de Brasília). A presença de personalidades esportivas, de representantes das instituições e da sociedade civil da Catalunha também era constante.

O presidente Josep Maria Bartomeu comentou: “Hoje é um dia muito triste, duro. Um dia para os barcelonistas, para as pessoas que gostam de futebol, para os que possuem algum familiar como Tito, que sofrem essa doença. São dias para lembrar, para refletir, de ver que tudo é efêmero e que temos que viver as coisas da melhor maneira possível e estar sempre bem com todos. Porque no final você vê que muitas pessoas sofrem a mesma tristeza que estamos sofrendo agora”.

 

Muitas personalidades

No espaço reservado para condolências vieram personalidades como o presidente da Generalitat, Artur Mas; o Conselheiro de Justiça, Germà Gordó; o prefeito de Barcelona, Xavier Trias; o presidente do Comitê Olímpico Espanhol, Alejandro Blanco; o presidente do RCD Espanyol, Joan Collet e o presidente do Real Club de Tênis de Barcelona, Albert Agustí.

O presidente da Generalitat (Governador da Catalunha), Artur Mas, destacou: “Sempre que more uma pessoa joven é um golpe duríssimo e por isso eu lamento muito. Posso entender o impacto que isso tem para a família dele e portanto, minhas primeiras palavras são para eles. Tito Vilanova era uma pessoa boa, um grande profissional e alguém muito querido. A melhor prova disso é a fila de gente que veio até aqui para dizer adeus. Ele é o tipo de pessoa que deixa uma marca, tanto no lado pessoal como profissional e esse tipo de gente são os que sempre serviráo de exemplos. As pessoas que deixam uma marca nunca desaparecem”.

Nas últimas horas se multiplicaram as mostras de afeto para Tito Vilanova recebidas no Camp Nou. Inclusive a Casa Real, os Príncipes de Astúrias, o Conselho Superior dos Esportes, Federações e um grande número de clubes da Liga Espanhola, da Europa e do mundo. O Bayern de Munique publicou um comunicado no seu site oficial em alemão e catalão e seus jogadores usaram uma fita negra como sinal de pêsame na rodada da Bundesliga. Tito também foi lembrado no estádio Olímpico de Roma, na partida entre Roma e Milan. 

Voltar ao início