fcb.portal.reset.password
Gerard Piqué na sala de imprensa do Etihad Stadium, em Manchester.

Gerard Piqué na sala de imprensa do Etihad Stadium, em Manchester. / FOTO: MIGUEL RUIZ - FCB

Um jogador do Barça que possui boas lembranças da cidade de Manchester é Gerard Piqué. O zagueiro culé chegou ao Manchester United com somente 17 anos, após ser contratado das categorias de base do FC Barcelona pelo ex-treinador Alex Ferguson. "Era uma criança quando cheguei aqui. Vivi três anos magníficos no Manchester United. Depois do Barça, meu time favorito é o United. Sempre me trataram muito bem", reconheceu Gerard Piqué na coletiva desta segunda-feira.

Mas a sua etapa nos 'Diabos Vermelhos' já é coisa do passado e agora é hora de pensar no outro time da cidade, o Manchester City, rival desta terça-feira. "Históricamente, as oitavas-de-final sempre foram complicadas para nós. As duas equipes chegam em grande forma e com muita confiança. O City é uma equipe muito boa, compacta e com muita qualidade".

Piqué: "Chegamos num bom momento"

Piqué se mostrou otimista graças ao atual momento da equipe azul-grená, que venceu o Rayo por 6 a 0 no último sábado. "Estamos realizando um bom trabalho e Tata Martino tem uma influência grande nisso tudo. Jogamos muito bem as duas últimas partidas, dominando a partida com um bom desempenho coletivo. Chegamos num grande momento".

A única certeza que ele tem é que o Etihad Stadium será testemunha de um grande jogo. "É uma grande oportunidade para mostrar que temos grandes jogadores e que podemos estar aqui", explicou. Piqué também declarou que ninguém deve se lamentar por ter que jogar com o City logo nas oitavas-de-final. "Se quer a Champions tem que jogar contra os melhores". 

Voltar ao início